https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

eu queria falar a língua dos poetas

 






(poema traduzido em vários idiomas)





eu queria falar a língua dos poetas
ir ao céu e ao inferno
roubar-lhes os pensares
e todos os seus versos
balançar na corda-bamba
viajar nos seus mares

eu queria falar a língua dos poetas
do poeta universal
que vive e morre num poema
à beira do sistema
no submundo que ele cria
e recria pra manter-se vivo

eu queria saber rimar
a língua dos poetas
e na solidão dos dias
desejar o calor humano
de quem sofre
ao sentir tantas almas frias


eu queria
dos poetas
a língua
pra falar por mim
o quanto hei de versejar
em qualquer idioma
sem dizer que sou
o poeta da vida
o poeta que num canto
canta
o belo feio
o feio belo
da essência que verte em mim

porque
eu queria falar a língua dos poetas
seus clamores
amores
suas metas
da areia ao cimento
tocar os corações suas setas

sem que eu pudesse roubar
o que neles foi lapidado
pelo artista invisível
de mãos que regem o tempo

eu queria falar a língua dos poetas
e neste vero átimo
ter um pensar alado
que me ensinasse
segui-los mundo afora
toda hora
desde agora
eu queria



***


Rehgge Camargo
_________________________________


"o poeta absorve, filtra e exala."

 
Autor
RehggeCamargo
 
Texto
Data
Leituras
2501
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
66 pontos
4
7
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 18/05/2023 17:19  Atualizado: 18/05/2023 17:19
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: eu queria falar a língua dos poetas
Rehgge
Conseguiste, Poeta! Adorei a leitura!
Parabéns!
Abraço!
Janna


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 18/05/2023 18:33  Atualizado: 18/05/2023 18:33
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10415
 Re: eu queria falar a língua dos poetas
Muito belo! Li do princípio ao fim com o mesmo prazer, quem dera que fosse assim toda a língua de quem diz ser poeta.
Parabéns sem dúvida um bom momento de poesia.

saudações.