https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Na carta aberta dos teus olhos, beber o sol das marés cheias

 
Tags:  amor    luz    perfume    infinito    preces    reerguer  
 
Poderia sentir o toque das tuas mãos, fechar os olhos e na carta aberta dos teus olhos beber o sol das marés cheias, para mergulhar na ondulação do teu mar e render-me.

Poderia olhar para dentro de ti e sentir o respirar por dentro das tuas folhagens, estender os braços e mergulhar na água das tuas raízes para me reerguer a cada manhã.

Poderia mergulhar no infinito do azul, para beber todas as preces ao céu erguidas, segurar as bênçãos e em cada adversidade cantar um cântico de louvor.

Poderia sim, saltar todos os poentes e permanecer no teu horizonte de Luz, para respirar o perfume de todas as auroras prolongadas nos longos braços da eternidade.

Poderia tocar a ternura dos teus olhos, com o sol da ternura dos meus e reacender o teu sorriso, para que em cada amanhecer pudesse ainda escutar o balbuciar do meu nome pulsar dentro do teu peito.

Pois Poderia, meu amor...

Partiste como quem interrompe a vida, os sorrisos, os sonhos e há silêncios cortantes no frio da pele, o vento agreste teima em sacudir a nossa história como se o horizonte escrevesse os dias e apagasse as noites para te trazer de novo à Luz.

Ainda te espero em cada alvorada, como quando ouço o canto dos pássaros que migram, como quando sinto o perfume silvestre das flores na pradaria, como quando o sino tine e bate as horas que escuto em sobressalto, ainda toco nas lembranças e ouço o eco dos teus sorrisos como folhas gastas espalhadas pelo tempo.

Ainda sorrio quando te ouço os passos, meu amor.

Alice Vaz de Barros




Alice Vaz De Barros

 
Autor
AliceVazDeBarros
 
Texto
Data
Leituras
216
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/07/2023 16:32  Atualizado: 31/07/2023 16:32
 Re: Na carta aberta dos teus olhos, beber o sol das marés...
cada um de teus textos traz um pedacinho de sentimento de dor e de sorriso...quando unimos as obras e olhamos de longe ao macro se percebe de forma clara quão linda é...Parabéns por textos tão bonitos. Deus a abençoe

Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 01/08/2023 21:41  Atualizado: 01/08/2023 21:41
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1862
 Re: Na carta aberta dos teus olhos, beber o sol das marés...
Neste hino de um amor imaculado
Onde se pode viajar até ao infinito
Mesmo quando se sente magoado
Esse amor consegue dar seu grito!



Nem a dor que se denota no seu final consegue apagar a força de um amor tao intenso, e tao belo!