https://www.poetris.com/
Poemas : 

Silêncio

 
Não se finge o silêncio, apagam-se os murmúrios, contempla-se a demora vagarosa e calma …
O silêncio expira os sentimentos e mesmo que a chuva sucumba nos cabelos, esse silêncio será guardado dentro de mãos férteis.
Verdadeiro é o sonhador, talvez mais real do que uma mente vazia.
Longos trajes sonoros para vestirem o silêncio que ondeia entre fragmentos estéreis e mensagens que saboreiam verdades. E o ponteiro marca as horas que pairam no tempo.
O silêncio alivia a surdez que se arrasta na trovoada seca e se arrepende nos relampejos que rondam o céu… Pensar o que se pensa o silêncio é uma translação Open in new windowda dor para o amor.
O silêncio não é confessável apenas através de quem o habita sem esforço para reconhecer os seus encantos!!!


Renascer de uma luta é sentir que a vitória é imparável!

Egéria

 
Autor
Egéria
Autor
 
Texto
Data
Leituras
146
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 08/12/2023 16:57  Atualizado: 08/12/2023 16:57
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1169
 Re: Silêncio
Olá Egéria,
Guarda bem o silêncio
sementeira de poesia.
Paulo


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 08/12/2023 17:56  Atualizado: 08/12/2023 17:56
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Lisboa/loures
Mensagens: 8231
 Re: Silêncio
O silêncio é guardião d’alma
E bonança do coração.

Adorei o poema!

Abraço,
Upanhaca