https://www.poetris.com/
Poemas : 

Regaram com lágrimas a semeada estrela

 
 





a neblina
cinza
chumbo
não deixa ver
os bocejos
da estrela

contudo
nas andanças
do escuro
ganhei
o moreno
luto
na pele
seca

neste momento
não vejo
o abafar de luz
sinto
o frio
do ferro
caminho

com este pregar
de passo
ainda erro
os caminhos errados
e chego à tua beira
com uma parte
das mil partes
do peito
que é teu






 
Autor
Idelia
Autor
 
Texto
Data
Leituras
97
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 10/02/2024 11:04  Atualizado: 10/02/2024 11:04
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1169
 Re: Regaram com lágrimas a semeada estrela
Olá Idelia,

Gostei deste poema intimista e ao mesmo tempo expressionista.
Embora eu seja ateu julgo ter sentido um fulgor religioso (?)

Abraço

Paulo