Poemas -> Humor : 

dos tombos aos pombos

 

Os sonhos têm pernas longas
que logo chegam
na bandeira da vitória
De pernas curtas tento acompanhá-los, quase sempre ficamos lado a lado
e é nesse processo
que, afoito, tropeço
e caio de cara na realidade.

De tantos tombos
assento-me quieto
sem graça na praça
pra dá pão aos pombos


 
Autor
SvSviu
Autor
 
Texto
Data
Leituras
52
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.