Acrósticos : 

O Livro do Amor

 
O Livro do Amor



Mastigo as palavras
soletro as ideias
fundo-me com ambas
dança louca
frenética
no papel

Não sei
sonhei...
vi tudo, tudo
com os olhos fechados
os lábios sorrindo
o coração apertado
mas tranquilo

Frases tão cheias
espírito tão leve
letras lentas e pensadas
sentimento solto
forte e intenso
de luz
e dor

Escrevi e escrevo
e volto a escrever
sem descanso como se fosse sempre
a primeira vez
como se escrevesse hoje
a primeira frase
do Livro do Amor

Doctorstrangelove, 26 Outubro 2005


Doctorstrangelove © 2007 (Permission to reprint and use granted so long as no modifications are made and appropriate credit is given)



Doctorstrangelove - Portugal

 
Autor
Doctorstrangelove
 
Texto
Data
Leituras
854
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.