Stop....
Simplesmente existo...Lá longe na minha memória, vivem os dias de inocência, as memórias de mim, enquanto criança, enquanto alguém...

Porque há momentos em que as palavras não chegam?Alturas há para as quais palavras não bastam.
Entristeço-me... Porque nada mais tenho para te oferecer.
Restam-me as palavras...
Palavras que não tenho agora.
Palavras que te toquem como eu não posso tocar-te.
Letras que tu vejas como eu não posso ver-te.
Para ti ADULTO que ja fos-te criança uma criança diferente mas um ADULTO MELHOR ...

Cada día que passa, um número crescente de crianças de todo o mundo são objecto de exploração e abuso sexual. É preciso por fim a este fenómeno mediante una acção concertada a todos os niveis, local, nacional e internacional."

 
Autor
lurainbow
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1325
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.