https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Neste quarto

 
Tags:  vida  
 
Neste quarto onde me reservo, como garrafa esquecida em cave escura, tenho por companhia um pedaço de sol alojado no meu peito. Entre nós tudo é claro e sincero, deixo as mágoas ausentarem-se, ficando assim só, com a minha solidão quente. Basta-me a cor azul estampada nas palavras, basta-me a esperança do verso que escolhi. Tudo é tão fácil quando toco as folhas, vermelhas de cansaço, das videiras que em fileira me acompanham o pensamento. Tudo é tão fácil quando abro a janela à vida que me procura, entrando sem pedir licença e me arrastando de encontro à parede degustando-me a alma sem qualquer pudor. Por vezes, retiro a rolha da garrafa onde me encerro e entorno-me tentando chegar ao horizonte que trazes nesses teus olhos felinos. Deito-me em terra molhada junto ao teu corpo de pêlo quente e sedoso. Aninho-me e deixo-me adormecer. As asas do sonho levam-me a terras onde nunca fui, levam-me à lua do teu céu onde te rodeias de gaivotas que te gritam e te encantam, enquanto eu me perco no areal imenso do teu corpo. Com a aurora despeço-me, deixando os teus lábios húmidos, recolho o horizonte e acordo deitada só, na cama deste quarto onde me reservo.
 
Autor
vandapaz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
909
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 31/10/2008 23:49  Atualizado: 31/10/2008 23:49
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Neste quarto
Por vezes fechamo-nos, e damos asas à vida apenas no sonho, e esquecemo-nos exactamente de viver.
Essa rolha da garrafa que retiras por vezes é o soltar para a vida! E é solta na vida que deves ficar, sempre clara e sincera, e sem mágoas
Um belo texto, muito bem escrito, com belas imagens.

Beijinhos

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 31/10/2008 23:55  Atualizado: 31/10/2008 23:55
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2371
 Re: Neste quarto
É como diz a Vera. Em vida a alma quer-se liberta e sem reservas, não há tempo amadurecer as alegrias.

Amei o quadro e a linda paisagem do teu quarto.

Um abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/11/2008 09:16  Atualizado: 01/11/2008 09:16
 Re: Neste quarto
Ahh, os quartos... E contrariando as estatísticas do "Mundo moderno", quanta vida há neles!
Belo texto
Parabéns
Abraço

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 01/11/2008 14:04  Atualizado: 01/11/2008 14:04
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Neste quarto
Um texto muito belo e poético.
Na garrafa, nas folhas da videira, em todo o texto, revi a Tália.

Bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/11/2008 08:20  Atualizado: 03/11/2008 08:20
 Re: Neste quarto
E reservas as palavras que se vão deluindo na grandeza doteu sentir.

Bjs

Enviado por Tópico
Noite
Publicado: 04/11/2008 15:17  Atualizado: 04/11/2008 15:17
Muito Participativo
Usuário desde: 24/10/2007
Localidade:
Mensagens: 52
 Re: Neste quarto
Um ritmo em que o madurar faz dos sonhos pequenas realidades, encapsuladas fechadas em garrafas que de vez enquando abrimos.