https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Transmutação

 
Tenho contos
plantados no meu roseiral
e nas quimeras da vida
desbravo as minhas ilusões.
Tenho sonhos
perdidos num umbral
dum paraíso sem igual
que se esconde
que se afasta…

Tenho um sorriso
como arma
um desejo primário
como flor
tenho um caminho preenchido.

Vivo nos contos
desse meu destino…

Um dia morrerá o personagem
para que nasça o homem!


Escrevo…para libertar as personagens que não consigo Ser!
________________________________________
http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/

http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/



 
Autor
Paulo Afonso Ramos
 
Texto
Data
Leituras
591
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 14/11/2008 22:10  Atualizado: 14/11/2008 22:10
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Transmutação
A personagem é criada por este homem maravilhoso que tão bem escreve sempre!
O poema está suave, doce!!!

Beijinhos

Enviado por Tópico
Gothicum
Publicado: 14/11/2008 22:38  Atualizado: 14/11/2008 22:38
Da casa!
Usuário desde: 21/09/2008
Localidade: Galáxia de Andrômeda
Mensagens: 427
 Re: Transmutação
Poema muito bem estruturado, onde a suavidade impera. Obrigado por escrever e partilhar.

Enviado por Tópico
jaber
Publicado: 14/11/2008 23:58  Atualizado: 14/11/2008 23:58
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 2802
 Re: Transmutação
mesmo lendo com atenção não se vislumbra onde começa o homem e acaba o personagem...

Um abraço

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 15/11/2008 00:01  Atualizado: 15/11/2008 00:01
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12085
 Re: Transmutação
Poema suave, gostei muito.

Beijos

Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 15/11/2008 00:29  Atualizado: 15/11/2008 00:29
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: Transmutação
"Um dia morrerá o personagem
para que nasça o homem! "

Paulo,você tem um jeito muito peculiar de escrever. Teus versos sempre são altamente reflexivos e muito bem estruturados.
Tua fã, sempre.

Bj

Open in new window

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/11/2008 13:10  Atualizado: 17/11/2008 13:10
 Re: Transmutação para Paulo Afonso Ramos
Enganas-te companheiro...
O Homem já nasceu! é um ser humano absolutamente maravilhoso que escreve bem "pa caraças" independentemente da spersonagens que cria, ou recria...

Absolutamente belo!

e um abraço apertado ao Homem