https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

Espreitando à Janela

 
Espreito pela janela
Um mundo novo para viver
Com contornos de beleza,
Onde qualquer um se pode perder.

Igual a uma tela cheia de cores,
Alegres, florescentes e berrantes,
Juntamente com os aromas de muitas flores,
E uma paz contagiante.

A prisão que me tirava esta visão
Deixou de existir.
Já sinto de novo o bater do coração,
E uma nova vibração a subir.

A coragem começa a aparecer,
E a vontade de abraçar esse mundo é enorme.
O desejo de em tudo isto me perder,
É já uma vontade que me consome.

Mas,

Hoje ainda vou ficar apenas a espreitar.
A conhecer este novo mundo que me espera,
Para quando me sentir seguro arriscar,
E fazer a vontade a esta nova sensação que em mim acelera.

Cada vez mais…
E não vai parar…
Nem tão pouco abrandar...
E sofrer de novo….JAMAIS!!


Escrito por: João Filipe Ferreira (Direitos Reservados)

Textos Registados no IGAC com processo nº 2067/2008
______________________________________________________________________
O meu blog: www.lastgoodbadidea.blogspot.com

 
Autor
João Filipe Ferreira
 
Texto
Data
Leituras
1606
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Diego M.
Publicado: 04/05/2007 00:39  Atualizado: 04/05/2007 00:40
Membro de honra
Usuário desde: 12/11/2006
Localidade: Rio Branco - AC
Mensagens: 392
 Re: Espreitando à Janela
Ao certo meu caro que não há mais de sofrer, como dizes no último verso!!!
E espreitando pela janela é que se conhece um novo mundo, e fatores com os quais nem imaginávamos nos deparar!!!
Muito bom Poeta!!!


A
B
R
A
Ç
O
.

Enviado por Tópico
*ci*
Publicado: 04/05/2007 08:13  Atualizado: 04/05/2007 08:13
Colaborador
Usuário desde: 28/02/2007
Localidade: Suiça
Mensagens: 689
 Re: Espreitando à Janela
pela janela vou espreitar...todos espreitamos todos os dias...mas o que cada um vê...apenas cada um da nós sabe...

beijos da ci