Poemas : 

VIDA

 
VIDA
Mercêdes Pordeus

Vida, vida...
Tão depressa passas
Que nem nos dás tempo
de vivermos plenamente
Ao lado de quem amamos.

Vida, vida...
Quisera eu que o tempo voltasse
Para vivê-la em sua plenitude.
Se me fosse dado tempo
Que fosse suficiente.

Vida, vida...
Se eu não tivesse perdido
aqueles a quem amei
Que apesar de terem partido
Permanecem em meu coração.
Nunca os esquecerei...

Vida, vida
Mas no coração ainda é pouco
Meu desejo vai mais além
Queria ter comigo
Pessoas que me foram queridas.

Vida, vida...
Tão depressa passas
Quiseara eu que o tempo voltasse
Se eu não os tivesse perdido
Mas, tê-los no meu coração ainda é pouco.

Vida, vida...
Quisera recuperar o tempo perdido
Tola sou eu , o tempo é o único bem
Que ao homem não é dado o privilégio
De possuir duas vezes.

Vida, vida...
Estás nas mãos do Senhor
Que é o Senhor do tempo
Só a Ele é dada soberania sobre ti
Seja feita Sua vontade, para sempre.
Amém

05/05/04

Publicado em:
- 1ª Antologia Literária do Grupo Ecos da Poesia “O FUTURO FEITO PRESENTE, (2005)apoio do Jornal Mundo Lusíada e Casa de Portugal em S.Paulo. ISBN 85-9051170-1-2


Mercedes Pordeus

 
Autor
MERCEDES PORDEUS
 
Texto
Data
Leituras
1700
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntóniodosSantos
Publicado: 05/12/2009 20:06  Atualizado: 05/12/2009 20:06
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1005
 Re: VIDA
Um magnífico poema... li e reli...
Gostei imenso...
Parabéns e obrigado...

A.S.