https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

Tragetória

 
Tragetória

Ver-te assim
Lado avesso
Sem disfarce
Nua e crua
Desfolhada
Língua afiada
Desvendada
Resta nada.
Peito tatuado
Estrela Dalva
Leite sugado
Pecado parido
Vida desabrigo
Noite em risco
Animal arisco
Pátria amada
Cara pálida.
Estrada longa
Bagaço de cana
Aguardente
Chão quente
Vira-lata
Na desgraça
Tempo passa.
Quem era tu
Céu azul
Orvalho do dia
Primavera
Flor bela
Passarela
Mentiras
Caem as tiras
Fim da cruz
Urubus.


Jamaveira


Jamaveira - O medo escraviza a Alma

 
Autor
jamaveira
Autor
 
Texto
Data
Leituras
592
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
SilviaReginaLima
Publicado: 24/04/2009 20:50  Atualizado: 24/04/2009 20:50
Colaborador
Usuário desde: 23/04/2009
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 816
 Re: Tragetória
alo poeta

como vai? Pois então, traçou uma rota bem delineada e humana. do começo ao final triste, com sua marca. **** Um beijo azul com saudades

Enviado por Tópico
Lustato
Publicado: 24/04/2009 21:07  Atualizado: 24/04/2009 21:07
Da casa!
Usuário desde: 27/05/2008
Localidade: Teresina - Timon - Piauí - Maranhão
Mensagens: 324
 Re: Tragetória
Interessante e belo... E muito "real".

Abraço.

Lustato