https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

No quarto da alma

 
Tags:  coração    alma    sonhos    olhos  
 
I
Apetece-me sentar
no alpendre
do meu rosto
e,
debaixo do beiral
do meu cabelo,
ser feliz para sempre.
Dali olho as ruas
dos meus braços,
unidas
no cruzamento das mãos.
Carros passam
e levam o meu pensar;
bicicletas deslizam
no meu sentir.

II
O dia apaga-se
com o fechar dos olhos
e dentro de casa
sento-me no sofá
do coração.
A televisão
passa filmes
de fantasias e intenções,
anseios e quimeras,
e são todos meus.

III
Ali me divirto
com os meus roteiros
para o futuro,
mas quando adormeço
no quarto da minha alma,
a paz que lá se sonha
vale mais
do que o brilho
de todos
os
sóis.


Não precisas de responder às tuas questões. Precisas é de questionar as tuas respostas.

 
Autor
Andraz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
740
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 11/05/2009 20:57  Atualizado: 11/05/2009 20:57
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: No quarto da alma
Abençoados daqueles que a alma está em paz, beijinhos

Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 11/05/2009 23:07  Atualizado: 11/05/2009 23:07
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: No quarto da alma
Gostei do teu poema: muito original e bem ritmado.
Que continues no conforto da tua alma... sentado a escrever!

Um beijo

Enviado por Tópico
SantosAlmeida
Publicado: 13/05/2009 07:33  Atualizado: 13/05/2009 07:33
Colaborador
Usuário desde: 14/01/2009
Localidade:
Mensagens: 595
 Re: No quarto da alma
irradia luz

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 05/02/2010 10:32  Atualizado: 05/02/2010 10:32
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8356
 Re: No quarto da alma
Fez-me bem ler este poema. Iluminou-me.
Beijo