https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

beleza desbravada

 
Tags:  a    t    g.s  
 
Beleza desbravada

Um dia !
O meu coração me deixou adormecida
Às vezes pergunto onde estou?
Olho o infinito.
Beleza tranparente,que me traspassa
Na candura de sua formação desbravada,
Nuvens azuis que se enrola a imensidão
Nuvens paradas
Nuvens que vão e não voltam...
Nuvens que ficam retratada na retina
Olho a imensidão oceânica!
Mar que esverdeia em sua consciência
Águas que se esvaziam
E se enchem ao mesmo tempo
Tom de indo e vindo
Para inebriar,seus labios
Coberto pela areia dourada do sol
Lampejos, salpicantes abraçando,
O infinito inconsciente
Gotas límpidas que voam ao céu
Para despertar outras plagas
Olho o infinito e vejo ,consciências desbravadas!....

 
Autor
margaridasodre
 
Texto
Data
Leituras
512
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
SilviaReginaLima
Publicado: 19/05/2009 17:55  Atualizado: 19/05/2009 17:55
Colaborador
Usuário desde: 23/04/2009
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 816
 Re: beleza desbravada
alo poeta

como vai, menina? poema refelxivo e intenso.. bom de se ler ******UM beijo azul com saudades