https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Entardecer

 

Entardecer


Cantam-me na face lágrimas …
Miragens do passado…
Como é breve o entardecer!
Breve e intenso,
Real e místico…
Sonho?... realidade?...
O peito rasga-se e esvai-se
com guilhotinas de saudade!
Já não moram
andorinhas nos beirais…
Nem se ouve o “sururu”
do canto dos pardais…
Que é feito da dança das gaivotas?...
Nesta redoma de fados adormeço
enxaguando lágrimas,
no desejo de acordar,
antes do entardecer!...
Pois, sonhos?... o que são?
Já nem me lembro de os ter!


Cremilde
2009





Open in new window

 
Autor
cremilde
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1138
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 03/07/2009 12:09  Atualizado: 03/07/2009 12:09
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Entardecer
E no entanto
sonhos são fundamentais,
para dar encanto
aos nossos ais.

Um abraçooo!
Abílio

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/07/2009 10:57  Atualizado: 04/07/2009 10:57
 Re: Entardecer
Um belo poema de desilusão poetisa! Contudo nunca deve perder a capacidade de sonhar e acreditar! O mundo gira, é dinâmico e o pensamento também. Nada neste mundo é imutável.

Beijo azul

Enviado por Tópico
animarolim
Publicado: 07/07/2009 20:29  Atualizado: 07/07/2009 20:29
Colaborador
Usuário desde: 23/05/2009
Localidade: Braga
Mensagens: 856
 Re: Entardecer
Poema muito lindo.
Quanto a sonhos, temos e esquecemos mas sempre sonhamos.
Por isso eu e a tiana estamos aqui e naquele sonho que me contaste, recorda-o, é lindo.

Beijinho
do Teco tb.