https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Teoria da Relatividade

 
Teoria da Relatividade<br />Dizem que o tempo é efêmero,
Mas, por que para um casal,
Quando juntos, o tempo torna-se uma eternidade?

Tic-tac, tic-tac...
Qual a utilidade do relógio?
Quais as utilidades dos ponteiros?
Quando o tempo pára para os apaixonados?

Para uns, um minuto insuportável,
Para outros, inesquecível.

Veridiana Rocha
07/01/07


Veridiana Rocha

 
Autor
Veridiana Rocha
 
Texto
Data
Leituras
1819
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JSL
Publicado: 12/06/2007 02:58  Atualizado: 12/06/2007 02:58
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2007
Localidade: Minho
Mensagens: 680
 Re: Teoria da Relatividade
É meia noite no espaço
E distância no tempo
Viajo num mundo paralelo
E o universo é o intervalo
Do nascer ao morrer

A dimensão do nada
A nada nos leva tudo
Para um todo uno
Até chegar ao Eu

É meio-dia na meia-noite
E a noite inteira é meio dia
Que se inteira com a noite

Enviado por Tópico
Antonio Ayrton
Publicado: 21/08/2007 15:12  Atualizado: 21/08/2007 15:12
Participativo
Usuário desde: 17/08/2007
Localidade: São Paulo
Mensagens: 47
 Re: Teoria da Relatividade
Quantas perguntas Veri?
Nem tudo é relativo
Os momentos são fragmentados em instantes, são vividos de todos os ângulos, e não existe uma referência a uma totalidade que lhes dê sentido no real.
O sentido fica no que foi sentido. (rsrsrs, essa foi de doer, mas acho que respondi)
Um beijão