https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

A costa dos meus murmúrios

 
Caí-me a Alma aos pés,
já nem sou eu que a dispo,
caio de mim mesmo, desisto!

Ainda que amanhã, seja amanhã outra vez!

Estou cansado, tão cansado,
até os sorrisos que chegam,
são lúgubres murmúrios,
de Alma abatida, caída!

Os meus murmúrios,

iguais aos que este Mar pranteia,
Mar inquieto, à minha frente,
como se fora um diálogo sem Gente,
uma trova quente que incendeia,

tudo o que resta da minha vontade ou querer!

Amanhã, talvez o Mar me incite a dizer,
a Alma para se erguer
e vestir-me esta tristeza desnudada!

Preciso dum Sorriso a troco de nada!

Afoguem-se no Mar os meus murmúrios
e eu prometo voltar amanhã!



andy

 
Autor
Andy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
441
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/09/2009 13:32  Atualizado: 03/09/2009 13:32
 Re: A costa dos meus murmúrios
Mais um poema divinal...parabéns Andy
um beijo