Poemas : 

Solstício

 
Solstício

Anoitece uma emoção
E é a mesma direção
Toca o telefone de borracha
Apagando em minha mente
O que ainda restava de ti
Vários Barcos
Várias velas
Vagos olhares
Vagas Orações
Cada vez que termina um amor
É como uma morte
É mais um Norte
É mais um Sul
É a mesma direção

Ricardo Villa Verde

 
Autor
VillaVerde
 
Texto
Data
Leituras
584
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Cristal12
Publicado: 10/09/2009 12:18  Atualizado: 10/09/2009 12:18
Participativo
Usuário desde: 09/09/2009
Localidade: Minas Gerais
Mensagens: 21
 Re: Solstício
Bom dia Villa, teu poema é enxuto, e teu estilo segue metafórico, e muito bem compostos. Gostei.