https://www.poetris.com/
Paulo Leminski : Razão de ser
em 11/09/2007 15:18:28 (14896 leituras)
Paulo Leminski

Escrevo. E pronto.
Escrevo porque preciso,
preciso porque estou tonto.
Ninguém tem nada com isso.
Escrevo porque amanhece,
E as estrelas lá no céu
Lembram letras no papel,
Quando o poema me anoitece.
A aranha tece teias.
O peixe beija e morde o que vê.
Eu escrevo apenas.
Tem que ter por quê?


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Cõllybry
Publicado: 11/09/2007 22:14  Atualizado: 11/09/2007 22:14
Colaborador
Usuário desde: 01/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 589
 Re: Razão de ser
Razão que a propria razão desconhece...Eternos poemas

Doce beijo

Enviado por Tópico
Notlimer
Publicado: 02/12/2009 00:42  Atualizado: 02/12/2009 00:42
Participativo
Usuário desde: 26/11/2009
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 26
 Re: Razão de ser
Sei que é clichê, mas Paulo é um VERDADEIRO Poeta!

Links patrocinados

Visite também...