http://spumis.pt/
 
Sonetos : 

Orquídea

 
Quando tudo silencia,
Tal como a noite que se perdura,
Numa inconstante magia,
Há um elemento de ternura...

Que se forma na gentil semeadura,
Da natureza divina que resplandece,
Em sua perfeita estrutura,
Que aos olhos do homem enobrece...

Tão linda, quanto rara,
Que por si só fala,
Em sua perfeita aparição...

Pois é divina sua nução,
Nos jardins de sua fortuna,
Na sua essência de orquídea noturna...

 
Autor
marco_ramos
 
Texto
Data
Leituras
7349
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 26/10/2007 21:29  Atualizado: 26/10/2007 21:29
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Orquídea

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 26/10/2007 21:31  Atualizado: 26/10/2007 21:31
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Orquídea
Desculpe tentei colocar uma imagem falhou,
nova tentativa:
<img src="http://i19.tinypic.com/2dhutcy.gif">

Espero que agora apareça, beijos!
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...