http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Sonetos : 

*SEIS HORAS*

 
<p align="center">Open in new window

<font color="#0066FF">*SEIS HORAS*

O sol declina na tarde plangente
Repicam sinos são horas do Ângelus
A mente ajoelha-se bendizente
Mar e coração silenciam trêmulos

Revive do mistério a anunciação
No templo ecoando a voz cadente
Deita sob o peso da prosternação
Ao pejo do recolhimento latente

Os anjos do alto em arpejo lírico
Cantam a sinfonia da Ave Maria
Os pássaros gorjeiam canto onírico
O Céu silencia o anoitecer da Iria

Fátima perpetuará em comunhão
Nuvem dispersa recolhe-se à oração

Sogueira<center></font>


Livros Publicados:
- Nas Entrelinhas (200 sonetos)
- A Pequena May
-Datas Comemorativas em Poesias
-Eu Poesia, Contos e Crônicas
-No Reino de Sininho, infantil
- A janela Azul
*Cinquenta Antologias
www.sogueira-eupoesia.blogspot.com
http:...

 
Autor
SoniaNogueira
 
Texto
Data
Leituras
417
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 28/05/2008 21:52  Atualizado: 28/05/2008 21:52
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: *SEIS HORAS*
Comungo do poema, que é belo e da intenção. parabéns. Bj
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...