Poemas, frases e mensagens de Maluzinha

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Maluzinha

Pensamentos soltos

 
Os meus pensamentos se resumem a você
Seu olhar, seu sorriso.
O jeito com que fala comigo...
Seus olhos me prendem a atenção.

Meto os pés pelas mãos quando tento tirá-lo
da mente
Não sei se é certo ou errado te-lo em minha cabeça
È como um morador que não pediu licença
Foi entrando de mansinho, com carinho
E se apossou de todos os meus comandos
Fazendo- me refém das minhas vontades

Quando imagino que não penso mais
Minha percepção dá- me um golpe
Fazendo-me entender que não sou controlador do meu ser
Pensando bem nunca fui, nem quero ser

Não controlo o que penso
Não sei fingir
Só sei que já habita em mim

Sua presença me proporciona alegria
Sua voz me conforta
Conversar com você é minha terapia
Tornou-se meu vício mais marcante
O afago mais envolvente
E ombro mais cativante...

Pensamento soltos avulssos.
Pensando em você.
 
Pensamentos soltos

Ainda

 
Ainda
 
Mesmo que não queira admitir
Sei que ainda tens esse poder
Sei que ainda sabes ler meus olhos
Que conhece -me
Que estremece
Que não preciso de palavras
Pra dizer o que sinto
Sabe quando oculto.
Tento fingir
Que não enlouqueço quando apenas
Toca seus lábios em minhas mãos

Esse singelo gesto
Entorpece -me
Arrepia o intimo do meu ser.

Sigo assumindo
Que ainda o tenho como amigo
Mas nem isso
Serve-me de consolo
Porque sofro
Tentando inutilmente lhe esquecer
Renuncio o meu querer.
Limitando o destino
À sorte de lhe encontrar.

Não querendo o por saber
Que fico sem ter que dizer
Fico sem graça
O ar quase falta
E torcendo só pra ter a sua presença
Lastimando a ausência que eu mesmo
Criei
Inventei para buscar o acerto
Pra encontrar as respostas que deixei escapar
Tentando achar os meus porquês.

Maria Luiza Aarão
 
Ainda

Escolhas

 
Escolhas
 
Escolho tão somente olhar em seus olhos
E esperar o que sinto se apagar.
Ver de longe a cicatriz sarar
Seus caminhos trilhados com calma
Observando que não vai se perder no tempo.

Num gesto resoluto
Comigo luto;
Só constantemente.
Um embate onde só eu tenho a perder
Meu troféu é seu sorriso
Mesmo que distante
Aguardando o tempo imperar
Nessa labuta incansante

Mãos atadas e com lágrimas no olhar
È assim que me vejo em seu lugar
Seguir parece-me um sonho
Do qual não posso realizar
Deixo o livre a voar
À espera do conforto
De um novo amor
Sei que estes dias escuros vão passar
Em passos lentos é que se começa uma longa jornada
Sei bem que tens uma grande caminhada.

É alguém que não pede licença para entrar
Sua presença invade
È um anjo
Um doce amigo
Que aprendi a amar
Espero que alguém
Tenha a coragem que não tive
Em lhe dar o que mereces

Escolho apenas não escolher
Permanecendo sua eternamente
Mesmo que descontente
Em não lhe ter
Espero assim que
Um dia possas entender.

Maria Luiza Aarão
 
Escolhas

Seus lábios..

 
Seus lábios..
 
São seus lábios entrelaçados aos meus
Que me levam ao céu
Fecho os olhos e vôo na direção do infinito
Em lugar bem bonito
Idealizado por mim e por você

Seu beijo é bem mais que o simples querer
Começa no olhar
No tocar das pontas do nariz
Nos sorrisos e provocações
Envolvimento que ao redor tudo desaparece
Fica sem importância
Tudo se esquece
Ficamos apenas nos olhando
Esperando que um de nós vá ceder
Em um laço abrasador
O que vai acontecer parece enlouquecedor

Seus lábios nos meus..

Maria Luiza Aarão
 
Seus lábios..

Minha prece

 
Hoje acordei engasgada com o grito que não dei
A angústia cala a minha voz
Estou farta de ver o egoismo
a falta de sensatez do ser humano que só pensa nele
que não vê Deus
que fala de Jesus, que é de determinada religião...
Religião só afasta
Os dogmas só obrigam

Quando vamos amar a Deus sobre todas as coisas ?
Quando vamos ver os nossos semelhantes como á nós mesmos ?

Jesus bate a porta de cada coração..
Mas será que as pessoas querem realmente o aceitar ?
É tão difícil assim largar o dinheiro, os status, as drogas
O egocentrismo ?

Quando vão saber o que é o Amor ?
O Amor de um Deus que se fez carne como nós somos
que viveu as nossas dores
que foi levado ao matadouro como ovelha e foi sacrificado

Quando as pessoas verão que Jesus Cristo Vive ?
Vive dentro daquele que o Ama...
Que o aceita e o queira,

Deus , quando vão saber que devemos Temer ao Senhor
E não ao homem ?

Maria Luiza Aarão
 
Minha prece

Uma vez mais

 
Uma vez mais
 
Pararia o tempo naquele abraço
faria de seus braços o meu recanto
O recôndito o qual jamais ousasse sair

Sentiria uma vez mais o seu cheiro
Inebriaria com seu perfume

Apertaria com mais força
Seu corpo contra o meu
Tentaria fazê-lo entender
que não sou a mesma sem você

Diria que é o meu porto seguro
Que alivia e compartilha
o peso sob meus ombros

Olharia em seus olhos e por um breve instante
Faria ter a certeza do quanto é importante

Pronunciaria todos os sentimentos contidos
sem utilizar uma palavra
Saberia que tudo o que eu tenho a dizer
Poderias traduzir com meu olhar e querer...

Maria Luiza Aarão
 
Uma vez mais

De que adianta?

 
Sei que palavras foram ditas
Linhas no céu foram escritas.
De que adianta?
Se pra você minhas palavras nada dizem
Se não consegue traduzir a imensidão do céu.

sei que te beijei.
De que adianta?
Se meus beijos não fazem com que você me ame com o ardor de labaredas de fogo.

Te dou o mundo.
De que adianta?
Se você não consegue entender a simplicidade do meu ser.

Daria todas as palavras pra você com os mais variados sentidos.
Daria o céu, a lua, as estrelas do meu mundo.
Cobriria de beijos intermináveis.
Faria tudo que estivesse ao meu alcance para te ter, mas ainda assim de que adianta?
se não existo para você.
se não entende que amo, amo até o fim da minha vida.
Até minha partida.
Te amo com todo o meu ser, porém faço a pergunta que me desespera:
De que adianta?

De que adianta?
Se pra você nada significo.
Não tem sentido..
Mas de que adianta?
Não tenho você..
 
De que adianta?

Revolução

 
Já não sou o que costumava ser
Não chuto as pedras do chão
Pego e guardo-as nos bolsos
Esperando montar algo que me seja útil

Em meio à ventania
Não me escondo com medo das rajadas
Permito – me voar
Alço asas rumo ao céu

Com temor no coração
E Lápis na mão
Tracejo todos os meus desejos
Persigo meus sonhos e lembro:
Já não sou o que costumava ser.

As pessoas começam a evoluir
Seus ideais não coincidem com os fatos
Os retratos já estão desbotados
Os sorrisos são forçados.

Não quero ficar presa á falsas alegrias
Tão pouco viver na demasiada utopia
De quem já foi feliz
Talvez seja delicada, porém não mais parada
Apenas não quero viver ás minhas margens
Elas se alargam e tornam mais profundas
Requerendo maior esforço
Tenho que saber acompanhá-las.

A revolução
Começa de dentro para fora
No íntimo
Onde os dedos são inúteis
Palavras tornam - se fúteis
E o que é levado em consideração
È refletido no espelho: ação.

Já não sou mais o que costumava ser
Não sei o que serei
Mas tenho certeza que sigo no caminho certo...

Maria Luiza Aarão.
 
Revolução

Inevitável

 
Neste momento penso em você
e então meus pensamentos voam como um vento.
Chegam a você como brisa fresca.
Como suaves folhas que tocam ao chão, são inevitáveis, assim como deve ser pensar em você.
Como aquele perfume exalado e jamais esquecido.
Assim penso em você.
Querendo ou sem querer.
Entendo assim que já faz parte de mim,
Do meu ser...
 
Inevitável

Basta...

 
Para mim não é preciso muito para ser feliz
Basta ouvir o cantar de um pássaro
Basta a lua iluminando minhas noites frias,
Basta um beijo apaixonado ou um ombro amigo
para sentir que sou amada.
Basta amar.
Basta sentir.
Basta o brilho dos seus olhos
Basta você existir.

Não quero nada demais.
Basta aquilo que sinto falta.
Basta o ar pra respirar.
Basta você aqui comigo.
Basta...

Maria Luiza Aarão.

A simplicidade está no essencial.
 
Basta...

Temor

 
Temor não é ter medo do que Deus possa fazer
Muito menos do que Ele representa.
Não é brincar de esconder.
Temor é O respeitar e amar acima de tudo e todos.
È sentir a direção através de Cristo em nossas vidas.
È viver em santidade e lealdade.
È arrepende-se todos os dias por erros, falhas e pedir perdão.
Não é apenas chorar uns instantes, sentir um alívio e voltar atrás.
È rasgar o coração perante o Altíssimo e chorar.
Sentir as suas mãos apaziguando e envolvendo com amor e ternura.
E sentir o poder fluir.

O temor a Deus é o seu perfeito amor
Para com seus filhos, amigos
Para com todo que nele ama e crê
Para fazer Seu nome Crescer.

Maria Luiza Aarão

"No temor do SENHOR, tem o homem forte amparo, e isso é refúgio para os seus filhos." (Provérbios 14:26)
 
Temor

Incomum

 
Incomum
 
Assim me vejo na incessante busca incontida e solitária
De me conhecer, entender a mim mesmo
Até que um dia andando;
Vagando por entre meus pensamentos

Uma luz me atraiu
Eu que já havia deixado o caminho
Minhas esperanças jogadas por terra.
Tantas descobertas e desilusões que vivi
A estrada tinha mão dupla e a bússola há muito tempo
Estava quebrada
Retalhada a marcar um lado que conhecia

Incomum assim é
Voltar ao Teu altar
Sigo buscando sonhos
E a fé que rege tudo que já senti
Diferente do que pensava
Agora sei que não vou mais resistir á força
Sobrenatural que encontro em ti
Meu primeiro amor..
 
Incomum

Minhas certezas

 
Quero amar - te sem querer saber se tudo pode acabar em breves instantes.
Quero beijar- te a boca sem temer que será o último.
Quero tocar -te e ter a convicção que não sumirá ao longo dos dias.
Quero ter somente a certeza que meu amor por você não se perderá.
Quero sentir que todos aqueles dias valeram a pena que nossas juras não foram em vão.
Só quero amar- te sem reservas , sem ensaios.
Só quero ter -te.
Amar- te sem limites e pudores.

Minha única certeza é amar-te.
 
Minhas certezas

Ideal

 
Ideal
 
Criando um novo conceito
Grito e repito para quem quiser ouvir

Quero viver
O amor sem fim
O céu acima das nuvens
E as estrelas mais brilhantes
Essa é minha idéia reconfortante

Inovando a cada amanhecer
Misturando adubo ás folhas secas
Esperando a aurora que fortalece
A fé que move
Os dias escuros
Em luar claro.

Espero um lugar ao sol
Onde tenha as respostas
Que preciso
Onde tudo terá mais sentido...

Maria Luiza Aarão
 
Ideal

Esquecimento..

 
Esquecimento..
 
Esqueço tudo a minha volta
O tempo para
E nada mais incomoda
A vida lá fora parece não ter sentido
se estou ao seu lado
As nuvens fazem-se tão perto que quase as posso tocar
o céu nessas horas é o meu lar

Durante os segundos a lhe beijar
O mundo parece girar em breves passos
Espaços curtos
Quando já não estou com você
eles somem
desaparecem
não tem mais fim
e ponho-me a novamente
lembrar do lindo sonho
que é sentir os seus braços
seus lábios
seu rosto
seu gosto
você...

Maria Luiza Aarão
 
Esquecimento..

Maria Luiza Aarão