https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Duas Mulheres

 
Você ama duas mulheres
Uma conhecida outra anônima.
Ambas te querem
Para compartilharem a vida, e a fama.

A vida comum do dia -a-dia
A anônima quer.
A outra que escreve poesias
Expõe nas palavras seu desejo de mulher.

A anônima é tranqüila é carente
A poetisa tem romantismo
Ambas te amam loucamente
Cada qual amando com seu estilo.

Ambas entregam-se sem medo
Pois te desejam profundamente
Não guardam segredo
Querem você eternamente;

Com qual delas ficarás?
Você, que elas tanto amam!
As duas ao seu amor te chamam.
Qual delas escolherás?


Faço uma sugestão
Escolha as duas
Pois elas apenas uma são
E são tuas
E te amam com grande emoção.

Ela é anônima e famosa
Simples e carinhosa
Ela é modesta e fogosa
Que escolhe entre rimas e prosas
Ofertam-te de maneira formosa:
As belas poesias tal como rosas.

Fundem-se e juntam-se
As duas se tornam cúmplices
E nesse amor tríplice
Deliciam-se.
Você e ela(s) simplesmente.

26/06/07
Joana Darc Brasil


Edna Schneider Lemos

 
Autor
Edna Schneider Lemos
 
Texto
Data
Leituras
4695
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Le Tab
Publicado: 26/06/2007 12:39  Atualizado: 26/06/2007 12:39
Membro de honra
Usuário desde: 02/02/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1460
 Re: Duas Mulheres
Muito bom gostei muito, o amor... Divido em duas mulheres, em dois caminhos, em dois sentidos. Ficando sem espaço de escolha, deixando o coração se entregar, para jamais se arrepender da escolha feita pela razão. Querendo amar eternamente o ser que nos ama incondicionalmente. Beijos


Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 28/06/2007 23:38  Atualizado: 28/06/2007 23:38
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: Duas Mulheres
Amiga...lindo poema.A cisão interna é a pior que existe..não sabemos para onde correr...não sabemos se devemos seguir o coração ou a razão...o melhor mesmo é viver o que temos para viver.Beijo iluminado!!Karla Bardanza