https://www.poetris.com/
 
 
Tem horas que me dá vontade voar
Tal como o desejo do Rei Davi
Que queria fugir
Com uma pomba passou-se a comparar
Voar para um lugar longínquo.
Dos “inimigos”.

Eu sinto vontade de estar só
Para meditar
Meditar em tudo que sou
Tudo que ainda quero almejar.

Tem horas que quero calar
Porque palavras soltas não voltam atrás.
Porque a língua é como um fogo sagaz
Que um bosque passa a incendiar

Paulo assim afirma
Que a mesma língua que fala palavras afáveis
Sendo um membro pequeno, incendeia, inflama
E provoca estragos irreparáveis.

Mas não posso fugir, não tenho asas
Tenho que enfrentar tudo de frente
Tenho que zelar minha casa:
Minha mente.

Porque sou mais livre que a pomba
Quando meus pensamentos apenas a mim pertencem
Tenho mais explosivos que uma bomba.
Mas me contenho para não machucar inocentes.

Porque em toda a minha essência
Sou de Deus a imagem e semelhança.
Sou um ser de consciência
Querendo ser inocente como uma criança.

Mas inocente não sou
Esse tempo já passou.
Só queria um mundo melhor
Sem egoísmo e com mais amor.

08/07/08
Joana Darc Brasil*
*Direitos autorais reservados


Edna Schneider Lemos

 
Autor
Edna Schneider Lemos
 
Texto
Data
Leituras
1380
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 08/07/2008 18:01  Atualizado: 08/07/2008 18:01
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Meditar
Gostei. parabéns. beijinho