https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

A Sentença

 
Open in new window












Um nome caído em desgraça
Sem que se comprovasse o crime, a culpa

Como uma folha fenestrada e morta
Sabe-se lá por formigas ou gafanhotos

Uma lua sulcada em grandes crateras
Marcada por asteróides ou por simples mão Divina.

Nada serve para comprovar.
Teu ato, teu papel, tuas palmas...

Somente um Juiz existe,
todavia, não O consultam

O homem já se diz senhor de todo o universo
Mas, ainda não sabe julgar
e ser julgado sabiamente.

A pena é aplicada exemplarmente,
para os pobres, os desvalidos e marginalizados desta sociedade de consumo.


AjAraújo, aos miseráveis a pena máxima - a exclusão - aos notáveis do Senado, arquive-se e se esqueça.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
423
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 08/11/2009 12:18  Atualizado: 08/11/2009 12:18
Da casa!
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 293
 Re: A Sentença
Como favorito...
Bjs.