https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Amor : 

Carta à Tita (II)

 
Tita,
ainda que não exista amanhã, ainda assim, irei Amar-Te da mesma forma, pois o Amor, quando verdadeiro... é intemporal! E é assim o meu Amor por Ti! Não necessita de se temporalizar, para ter valor ou ser sentido... Amar-Te, é o que trago vestido... é o Sentido que trago na pele! Não é em vão que digo que Te respiro, pois quando não estás e me rodeias duma multidão dos Teus silêncios, eu sufoco! Não é em vão que digo, que corres-me nas veias, pois todo o meu corpo clama por Ti... se Te ausentas, definho! Ainda que sozinho, sei quando estás comigo, sei quando me tomas por Teu abrigo e sorris! Jamais fará sentido eu ser Mar, se Tu não fores o Sal que me compõe e se não fores a onda que me faz dançar em constante exaltação de Sentidos! Sabes meu Amor, quero sorrir de Esperança e para lá do cinzento deste dia, quero dizer que Te Amo!! Descompassadamente!!! Numa ânsia onde tudo me leva a Ti!
Sabes, estou a sorrir, mas com lágrimas nos olhos, é uma forma simples de Te ver Arco-íris da minha vida!
Quero aninhar-me nos Teus braços Amor e deixar o menino, que este meu ser de homem contêm, no Teu colo e esperar que me afagues o rosto e me aconchegues em Ti!
Amar-Te, terá que ser sempre, mais que Palavras, pois o meu Amor por Ti, são Gestos!
E ainda que não exista amanhã... Tu, permanecerás sempre nas esquinas do meu Coração, pois é aí que sempre Te encontro e onde sorrio, juntamente contigo!
Amanhã... Amar-Te-ei, como neste preciso momento... até aos confins de mim!
Teu, por eternos amanhãs,

Jorge

 
Autor
Andy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
873
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Akhenaton/Elias
Publicado: 09/02/2010 18:53  Atualizado: 09/02/2010 18:53
Colaborador
Usuário desde: 31/12/2009
Localidade: Porto Velho - Rondonia - Brasil
Mensagens: 1149
 Re: Carta à Tita (II)
Um poema muito bem construído envolto do maior dos sentimentos o Amor e vivido em toda sua plenitude! Adorei tua forma de poetar.

Parabéns!

Abraços fraternos!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/02/2010 20:30  Atualizado: 09/02/2010 20:30
 Re: Carta à Tita (II) para Andy
Estou aqui às voltas com as palavras e acredita que não encontro nenhumas que se adequem à magnitude do que partilhaste connosco, porque é muito forte, muito sentido, muito arrancado do coração o que nos deixaste.

Creio que será dos poemas que escrevste o mais belo de todos.
Parabéns Andy!

Beijinho