https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Tumulto

 

Open in new window

Fogo-fátuo que me incendeia,
no ventre que exulta Desejo,
subo até Ti beijo após beijo,
na ânsia suprema de me acampar em Ti!

Quebra o silêncio,
murmúrios escondidos,
que sopra dos lábios que se sentem perdidos,
visto-Te a Alma com mil Sentidos
e solto os corpos despidos,
num frémito ardente!

Sinto o corpo quente,
nas mãos que percorrendo Te causam ensejo,
escorres em mim, abraças-me o beijo,
suores, arrepios, odores, desejo!!

Revoltos na pele! Gritos e gemidos!
Encaixe completo, corpos contraídos,
alcanço por fim o prazer oculto,
que do alto de Ti, me causa tumulto!!



Andy
 
Autor
Andy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1006
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/02/2010 07:23  Atualizado: 23/02/2010 07:23
 Re: Tumulto para Andy
E que Tumulto Homem!

E que tumulto!
Temporal de beijos
Vendaval de abraços
Avalanche de mimos
Tsunami de Amor!

Assim a malta não se importa com as tragédias naturais, porque Tu és uma força da Natureza mesmo!

Beijo luz!