Poemas : 

UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE ESCREVER

 
maninha eu queria te escrever um poema
um poema que não fosse triste
e que te contasse alguma memória
bobagem da infância
mas eu desaprendi como se escreve
uma bobagem da infância

eu queria só aprender a escrever...

eu queria saber contar as sílabas do teu nome
e assim te seria breve
como um soneto numa noite de natal
mas os sonetos maninha me vieram exaustos
e as noites de natal - me perdoa - não me vieram mais

meus olhos choram exaustos de mim
e eu não te quero dar as minhas lágrimas maninha
um sol poente talvez resolva o nosso caso
toma lá é teu
coloca-o na calça jeans rasgada
sai no meio da rua maninha em chinelos
ouve os sinos da igreja
pensa que eu morri

e se tiveres um tempo maninha
antes da primeira missa
reza um pouco por mim
eu faço de conta
que deus existe pelo menos em nós
anda maninha
anda reza qualquer prece por mim
_________________

júlio

03/03/10


Júlio Saraiva

 
Autor
Julio Saraiva
 
Texto
Data
Leituras
1208
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
37 pontos
21
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 03/03/2010 08:35  Atualizado: 03/03/2010 08:53
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3325
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
olá Julio,

agradeço-te o poema, porém existem duas coisas que eu não sei fazer:
a primeira, não sei rezar; nem sou católica e muito menos protestante.
a segunda já não me lembro como se brinca ao faz de conta nem da ultima noite de natal.
afinal não eram duas, eram mais, ehehe

Beijo maninho


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 03/03/2010 12:25  Atualizado: 03/03/2010 12:25
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
pode não existir deus no meio de vós, mas existe uma forte afinidade que poderá chamar-se amizade, essa bem mais forte que muitas fés.

sabem que mais?? gosto.vos sem fazer de conta

beijo os dois


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 03/03/2010 12:35  Atualizado: 03/03/2010 12:35
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
Pouco interessa se acreditam ou não,mas que sabe bem sentir esta cumplicidade não fiquem dúvidas.

bjs aos dois.

eduarda


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 03/03/2010 16:52  Atualizado: 03/03/2010 16:52
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3325
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
Obrigada HC e Eduarda pelo vosso carinho como sou modesta sabe-me bem recebe-lo.
um beijo

para ti maninho, nutre por ti respeito mutuo e amizade ainda que longínqua.

beijo
c.

Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 03/03/2010 17:31  Atualizado: 03/03/2010 17:31
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
Uma belo poema de afectos, mesmo que as missas não sejam para ser frequentadas, as orações não sejam para ser rezadas, e os natais estejam bem distantes, tão ou mais distantes que a infância.

Gostei de ler esta dedicatória à Conceição Bernardino.

DM



Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 03/03/2010 17:37  Atualizado: 03/03/2010 17:37
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
O poema é terno.
Nestas encruzilhadas da vida, haver ainda amizade
como esta de forma tão palpavel e doce, faz-me acreditar mais na vida, onde às vezes me sinto
descrente e vulnerável.

Aos dois que estimo
um abraço
rosa



Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 03/03/2010 17:47  Atualizado: 03/03/2010 17:47
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
Tinha que te felicitar Júlio
por este poema e por nele ficar bem vincado o teu carinho a uma amiga.
Os verdadeiros amigos é assim que procedem.
Um abraço para os dois Poetas que admiro
Vóny Ferreira



Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 03/03/2010 18:46  Atualizado: 03/03/2010 18:46
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3350
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
Este é um daqueles poemas que nos caem bem. Um cair mansinho, como se se deitasse no nosso colo, a ninar-nos sonos de paz esquecida. Quase uma oração, ele próprio, das mais puras...

Beijo aos dois, autor e homenageada.



Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 03/03/2010 23:10  Atualizado: 03/03/2010 23:10
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: UM POEMA PARA CONCEIÇÃO BERNARDINO QUE EU NÂO SOUBE E...
pois é: poema de chancela para alguém que o merece!

abraço fraterno Júlio
arlindo