https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Aprendi.

 
Tags:  reflexão    pensamento    aprendizagem    ensino  
 
Aprendi:
Falando, ensinando,
Andando, correndo,
Suando, rondando.
Aprendi.

Aprendi:
Que a vida é suave
Que a vida é amarga
Que o fel pode ser doce
Que o doce pode ser fel,
Aprendi.

Apendi
Que tudo é azul
Enquanto tudo não é negro
Que o negro é belo
E que o belo é azul
Aprendi

Aprendi
Que o cálculo calcula
Mas, o cálculo não copula
Caduco cálculo
Cálculo copula
Aprendi.

Aprendi
Que das fezes
Fazem casulo
Dos casulos borboletas
Das borboletas as flores
Das flores você
Aprendi.

Aprendi
Aprendendo
Ensinando, trabalhando
Falando, sofrendo,
Dormindo, comendo
Aprendi.

Aprendi
Que o poema
Não para nas palavras
Não para com você
Não para comigo
Vai aonde eu sigo
Que é onde você está
Aprendi.

Aprendi
Que este poema
Jamais pode ter fim
E se você que o lê
Quiser aumentá-lo
Escreva a frase
E depois
Aprendi.

Aprendi
Portanto,
Que aprender é tudo
Que aprender não é nada
Que cada dia aprendemos
Porque aprender é prender
E o que estamos prendendo
Aprendi.

Aprendi
Que te conheço
Aprendi que te quero
Aprendi que tropeço
Aprendi que te espero
Aprendi que te falo
Quando falo disfarço
Aprendi um abraço
O abraço me mata
Aprendi.

Aprendi
Que grande é a vida
E quão pequena é você
Quão falso é a vida
E quão grande é você
Quão sólida é a vida
Quão frágil sou eu
Aprendi.

Aprendi
Que as estrelas
Também caem do céu
Que você é descrito
Num simples papel
Que as estrelas me olham
E me vêem aqui
Em seguida me seguem
Aonde eu vou seguir
Aprendi.

Aprendi
Que uma prova
Não é aprender
Uma prova é uma prova
Que eu não vou saber
Mas se a prova é prova
Quão fútil ela é
Pois, prova a prova
É que o homem que aprova
Não aprova a prova
Aprendi.

 
Autor
Edtrigo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1025
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.