https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Fim do Mundo...

 
Não me preocupo com o amanhecer,
não ligo com o que pode acontecer,
o novo dia não vai ser sempre o mesmo.

Pois nesta vida nada é certo,
nada é justo,nada é correto,
e sempre acabamos quebrando a cara no espelho.

Quem precisa dos estrangeiros
para rirem do nosso jeito,
se até nós mesmo fazemos isso muito bem.

Quero ter dinheiro,
eu preciso de um emprego,
quero matar o meu vicio agora mesmo.

Sinto falta das águas nas fontes,
e as cachoeira no horizonte,
e os ventos voando pelo ar.

Nós fomos avisados,
nós fomos avisados,
serão duros os últimos tempos,
é o fim do mundo,
nós fomos avisados,
nós fomos avisados.


Abd

 
Autor
Abaddon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
344
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.