https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

cordeiros de Deus

 
sinto a morte nos ossos
quanto menos fatos existem
mais envolvente se torna a lenda
o mundo se divide conforme seus cordeiros
a verdade não se equívoca,
enquanto voce se lembrar que a verdade é maior
o dinheiro não manda em Deus,
nem perde o contato com a descéncia.
estar errado apenas por estar certo
trás fogo nos olhos,
é como ir ao hospital amputar uma perna
e amputarem a perna boa
parece estar sem pernas...
uma nauséa no estómago,
uma sensação estranha
como uma intoxicação alimentar.
dois pesos e uma medida
apresentados a consciéncia,
o tempo vai virar tudo pedra e pó!
menos a diferença,
de que tento
e voce não pode evitar...
a lua rege as emoções
e nossas impressões não se esvaem
de quem tocamos.



Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
765
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 11/04/2010 02:10  Atualizado: 11/04/2010 02:10
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: cordeiros de Deus
Como te compreendo minha boa amiga!
E no entanto, (para muitos...) olharão para o lado, assobiarão para o ar, e e acreditarão na sua própria indecência.
Beijo.
Fica bem, por favor. Dias melhores virão...
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/04/2010 09:02  Atualizado: 11/04/2010 09:02
 Re: cordeiros de Deus
partilho deste teu pensamento e se me permites
dedico-te este poema

LEVE CANTIGA DE AMOR
OLÁ O VENTO NÃO LEVE
LEVE ELE AS COISAS
AS COISAS O VENTO QUE AS LEVE

Albertos

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 11/04/2010 09:13  Atualizado: 11/04/2010 09:13
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2301
 Re: cordeiros de Deus
...
bom dia vania

Perdoa-me!
Hoje, não vou dizer nada:

com dois ovos estrelados
frios num telemóvel morria dos pimentos
vestidos nas sílabas



beijo

p.s. um dia vamos rir os dois com esse poema

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 11/04/2010 12:21  Atualizado: 11/04/2010 12:21
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: cordeiros de Deus
Sinto que estás um tanto triste e nem sei que te dizer, mas o meu coração sente isso. Sempre terás a minha amizade.

Desejo-te o melhor amiga
beijinho
rosa

Enviado por Tópico
EMontepuez
Publicado: 11/04/2010 12:24  Atualizado: 11/04/2010 12:24
Da casa!
Usuário desde: 10/04/2010
Localidade: Grande Lisboa
Mensagens: 249
 Re: cordeiros de Deus
Senti um poema confuso, talvez medido de tristeza.
Fica uma exposição do momento para mais tarde relembrar.

Beijo

Enviado por Tópico
celiacc
Publicado: 11/04/2010 12:50  Atualizado: 11/04/2010 12:50
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2008
Localidade: Setúbal - Portugal
Mensagens: 2392
 Re: cordeiros de Deus
"O tempo vai virar tudo pedra e pó!
menos a diferença,"

Sim Vânia, a diferença vai permanecer mesmo que a luta dure uma vida inteira.(Fala a experiência!)

Força, poetisa!

beij.
célia

Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 11/04/2010 17:14  Atualizado: 11/04/2010 17:14
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: cordeiros de Deus p/Vania
Senti bem esta tua tristeza, e parece que cada vez mais os pesos e as medidas estão nas mãos de quem se julga maior.

Estarei sempre aqui!

bj
Eduarda

Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 11/04/2010 17:39  Atualizado: 11/04/2010 17:39
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3351
 Re: cordeiros de Deus
Olá Vânia!

na arte não há morte onde há verticalidade

mas há morte anunciada para quem imagina um sol que nunca lhes pertenceu

dar importância ao que nada vale é um erro, apenas os incompetentes saberão tirar prazer desse teu desanimo.

Vamos passar a palavra pelos caminhos certos, alertar os incautos e prevenir novas investidas do monstro.

as marés correm sempre a favor dos bons marinheiros, Adamastores já não há.

Um beijo

JLL