https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

NÃO FUI EU QUE MORRI

 
<img src="http://i43.tinypic.com/21jnpmf.jpg" border="0" alt="Image and video hosting by TinyPic"></a>
NÃO FUI EU QUE MORRI

Decidi hoje parar a chuva,
Nesta nudez inquieta e transcendente.
Saltar muros,
Cortar amarras,
E sentir apenas tuas asas!
Longe,
Num respiro de céu,
Erguem-se os verdes ramos da discórdia,
Em ecos embalados pela noite
A noite da minha solidão.
Já desponta o dia
No palpitar das penas atrevidas,
Embalo-me em sussurros de veludo,
Reivindicando a esperança acutilante,
Que me nascia das mãos.
Não vingou,
Este fogacho idóneo e persuasivo,
Por não habitar em ti o cerne dos meus dias.

Não fui eu que morri...
Foste tu que me mataste.

Regensburg
20-04-10
Beija-flor


O meu primeiro livro..
Podem encontrá-lo em:

http://www.worldartfriends.com/store/ ... flor&submit_search=Search.

Atenciosamente.

 
Autor
Beija-Flor76
 
Texto
Data
Leituras
970
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 20/04/2010 17:28  Atualizado: 20/04/2010 17:28
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: NÃO FUI EU QUE MORRI p/Beija
A solidão a tua eterna morada neste belo poema.

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/04/2010 17:43  Atualizado: 20/04/2010 17:43
 Re: NÃO FUI EU QUE MORRI
Não esta perto de quem se ama. É como se estivesse morto.

Apreciei, um poema triste, mas bem escrito.

Beijo bom. rs

Rosangela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/08/2010 21:29  Atualizado: 06/08/2010 21:29
 Re: NÃO FUI EU QUE MORRI
Nem todos escrevem com a alma, assim como vc...seus poemas emocionam por isso!Parabéns por essa sensibilidade tão latente!
abraços...