Poemas -> Esperança : 

De corpo e alma

 
Entreguei-me de corpo e alma,
Como um ovo na tua palma...
Deste-me apenas os teus restos,
sem amor nem afectos,
mas eu sempre persisti,
Por tanto gostar de ti!
Hoje, encontro-me só...
Meu coração é um nó!
Deslaçará para ti...terei calma!


Olá Esquilinho!
Concordo com a Florbela Espanca: Amar, amar perdidamente...

 
Autor
pearalta
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1615
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
5
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
luciano
Publicado: 10/05/2010 23:43  Atualizado: 10/05/2010 23:43
Da casa!
Usuário desde: 16/02/2009
Localidade: Ituporanga / SC
Mensagens: 304
 Re: De corpo e alma
É o amor sempre faz com que nos entregue-mos para tentar vivelo, mas as vezes temos de ter muita calma pois nem sempre somos vostos e notados rapidamente.
Adorei teu poema!
Abraços!

Luciano


Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 11/05/2010 00:03  Atualizado: 11/05/2010 00:03
Membro de honra
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2080
 Re: De corpo e alma
Divino, um poema pequenino mas onde cabe tudo ...
vou levar pois é um dos meus favoritos de hoje.

Beijo
Beija-flor

Enviado por Tópico
Rui_Valdemar
Publicado: 11/05/2010 00:23  Atualizado: 11/05/2010 00:23
Participativo
Usuário desde: 06/05/2010
Localidade:
Mensagens: 26
 Re: De corpo e alma
esperar e uma virtude. esperar demais, é sempre demais. e o amor com bob marley disse aprendesse a dar nao se da e obrigasse a receber.
quando o amor nao e correspondido e algo que nos so da desilusão e e preciso partir pra outra.

BOB MARLEY
"Os ventos que as vezes tiram
algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que
aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar
pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi
dado.Pois tudo aquilo que é
realmente nosso, nunca se vai
para sempre..."