https://www.poetris.com/
 
Duetos : 

Metades numa dualidade, una

 
Dou-te um ramo do meu corpo
e num beijo teimo um outro
que bebo de afeição
amante nos teus olhos
que me prendem aos teus dias
até que o teu rosto
durma na carne
o prazer do mimo que ardes
e entornas faúlhas e amor

O fogo espalha-se pelos corpos
nos vícios dos galanteadores
quando os lábios se tocam
sobem centelhas ao topo da alma
acorrentas-te a mim sem pressa
nas mortalhas da tez despida
toda a emoção se apraz
em arrepios e suspiros

Sou sonâmbulo das tuas horas
no teu corpo seguro
como lapa na rocha que o mar açoita
NA tua nudez de mulher
quando os desejos que anseiam
a voz de quem guarda a verdade
que íntimos confessam

Melopeias que os búzios
segredam ao guardião dos meus sonhos
enrolados nas areias serenas
de um mar bravio nos píncaros
da paixão em apego imutável
duas metades pajens do destino.

Coloridos do belo
que os rostos não traem
ao vislumbramento em que
cobrem fascinados o outro
que amam como se fossem
a metade que se prolonga nos anos…

[Dueto de Ana Coelho e José António Antunes]


<P style="TEXT-ALIGN: left"><IMG alt="" src="http://api.ning.com/files/bM1Xg6LJrYF ... 2.JPG"></P>


Ana Coelho
Os meus sonhos nunca dormem, sossegam somente por vagas horas quando as nuvens se encostam ao vento.
Os meus pensamentos são acasos que me chegam em relâmpagos, caem no papel em obediência à mente...

 
Autor
AnaCoelho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
874
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
18
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 25/04/2010 17:21  Atualizado: 25/04/2010 17:21
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11191
 Re: Metades numa dualidade, una
Aninha e José,
Vocês dois são a faúlha que arde na ternura e na paixão incontida.
Lindo o sentimento que nos passam.
Beijo
Nanda




Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 25/04/2010 18:23  Atualizado: 25/04/2010 18:23
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Metades numa dualidade, una
O lirismo...E de repente a paixão explode!Dueto nota mil!
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 25/04/2010 19:08  Atualizado: 25/04/2010 19:08
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Metades numa dualidade, una p/Ana
Uma cumplicidade cheia de cores que por certo nunca terminará.

Amei demais!!!

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 25/04/2010 19:33  Atualizado: 25/04/2010 19:33
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: Metades numa dualidade, una
Ana.

Este dueto está uma delicia.

Um amor que existe,que se complementa nas pequenas e nas grandes coisas.

Parabens aos dois.

Beijos


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 25/04/2010 20:23  Atualizado: 25/04/2010 20:23
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Metades numa dualidade, una
Eu também só vim apreciar dois num só, que tanto prazer me dá as vossas leituras


Um belo dueto


Beijos


Dolores Marques (Ônix)


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 25/04/2010 22:56  Atualizado: 25/04/2010 22:56
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Metades numa dualidade, una
Um amor lindo Aninha.

Beijinho aos dois
da rosa


Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 26/04/2010 16:03  Atualizado: 26/04/2010 16:03
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2058
 Re: Metades numa dualidade, una
Um dueto de amor maravilhoso que me deixou maravilhado e perplexo.
Parabéns aos poetas.
Beijo e abraço

Beija-flor


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 27/04/2010 00:31  Atualizado: 27/04/2010 00:31
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Metades numa dualidade, una
Linda foto, Lindo dueto e lindo esse amor, que transpira da foto. Saio maravilhada daqui. beijo aos dois!