https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...

 

A ESPADA DE DÂMOCLES


Era de Dâmocles a espada

que pendia,

embainhada,

só aparente o poder

de que gozava.

sentinela acutilante

de uma alma

vigiada,

cerceando-lhe os sonhos

que guardava,

intensos,

bem por dentro

das amarras,

no seu lado frágil

que sempre se dava

ardentemente.



arfemo


------------------------

http//asedadaspalavras.blogspot.pt

 
Autor
arfemo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1197
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
58 pontos
42
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 29/04/2010 21:17  Atualizado: 29/04/2010 21:17
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Arfemo.

A aparencia exterior de muito poder e autoridade,pode esconder muitas fragilidades,mas há sempre uma espada vigilante,suspensa acima de nós que nos mostra esse lado mais fragil e inseguro.

Um poema que com a sua inegavel marca,a de com palavras aparentemente simples nos levar a caminhos bem longos .É só uma questão de encontrar a a entrada para lá entrar.


Beijos


Enviado por Tópico
jluis
Publicado: 29/04/2010 21:19  Atualizado: 29/04/2010 21:19
Colaborador
Usuário desde: 18/12/2009
Localidade:
Mensagens: 1532
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Ternamente um poema maior.
Parabéns, grande poeta Arfemo!
Um abraço
JL


Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 29/04/2010 21:28  Atualizado: 29/04/2010 21:28
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Suspensa do fio de versos, só a acutilância das palavras e a precisão do sentido... (no final, quase senti a presença física da espada, a milímetros da minha cabeça...)

Um grande abraço.



Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 29/04/2010 21:32  Atualizado: 29/04/2010 21:32
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Poema que é uma poderosa lição para o orgulho que às vezes se intromete na vida dos homens. Convite ao bom senso.
Quando tudo parece sobre esferas, uma espada desembainhada sabemos lá porque força pode deitar por terra os nossos sonhos, a nossa vida. Registo-a como uma aprendizagem pessoal.

O meu fraterno abraço
Antonius


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/04/2010 21:40  Atualizado: 29/04/2010 21:40
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Como eu sinto essa espada sobre mim e como senti o teu poema e a "sentinela acutilante" (es)pica(ça)ndo o âmago do meu ser frágil.
Interiorizei-o e saí enriquecido.
abraço
nuno


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 29/04/2010 21:43  Atualizado: 29/04/2010 21:43
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
A sua poesia, Arlindo,
é para mim como que um toque
mágico de um piano.
Adoro piano e essa é a forma que tenho
de lhe dizer o quanto gosto de o ler.
Beijo
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 29/04/2010 21:44  Atualizado: 29/04/2010 21:44
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...p/Arfemo
Perante a fragilidade da vida, sentimos a espada sempre suspensa. Que o poder nunca nos retria dos caminhos.

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 29/04/2010 22:07  Atualizado: 29/04/2010 22:07
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Nem sempre o que parece é.
A vida que aos outros parece ser maravilhosa,
tem sempre uma espada pendente, pronta a
deslizar ao primeiro erro.
Beijinho Arlindo
Antonieta


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/04/2010 22:11  Atualizado: 29/04/2010 22:11
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
nem tudo que brilha é ouro...vá-se lá perceber a as aparências ou melhor as razões das...é um poema que reflecte sobre a existência... bonito
Abraço
Albertos


Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 29/04/2010 22:42  Atualizado: 29/04/2010 22:42
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2058
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
A pesada e afiada espada da vida, uma vezes na nossa bainha outras porem no nosso pescoço.

Um poema poderoso.
Abraço fraterno
Beija-flor


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 30/04/2010 01:58  Atualizado: 30/04/2010 01:58
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
olá arlindo,

agora senti-me impotente...sem palavras...
adoreiii.

beijo


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 30/04/2010 03:05  Atualizado: 30/04/2010 03:05
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Invertendo se os valores, o homem é o lobo do homem.
Perfeito, falar ou calar se é tão fácil...bjs


Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 30/04/2010 17:55  Atualizado: 30/04/2010 17:55
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Um belo poema que pode também ser uma boa metáfora para qualquer um de nós se pôr a pensar na fina linha que existe entre o lado de cá e o lado de lá da sorte que cada um constrói para si... ou não!

Beijo


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 30/04/2010 18:50  Atualizado: 30/04/2010 18:50
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Belíssima escrita poeta querido!
Beijinhos de luz!

*-*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2010 21:33  Atualizado: 30/04/2010 21:34
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Exemplar o poema, como mensagem e composição de grande arte.
Há sempre uma espada de Dâmocles sobre as cabeças dos tolos e dos bajuladores.
Sandra.


Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 01/05/2010 11:31  Atualizado: 01/05/2010 11:31
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2301
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
...
olá arlindo

Era de Dâmocles a espada
sentinela acutilante
de uma alma
vigiada,


Era-o
de facto, nas tuas intensas palavras! Sei,
dele o nome, ainda muito longe — de Sicília



abraço


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 01/05/2010 21:57  Atualizado: 01/05/2010 21:57
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Arfemo,
Nem toda a riqueza do mundo vale a paz de espírito e a riqueza de uma vida sem preocupações.
Nesta lenda uma bela lição de vida.
Confesso que não conhecia, mas fui ler.
Beijo
Nanda


Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 01/05/2010 22:48  Atualizado: 01/05/2010 22:48
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Olá Arlindo, caríssimo amigo.


A mitologia você acolhe nesta temática universal e sua poética exibe, com acréscimo, abrindo espaço para a importância do ser humano, correr ricos, viver apaixonado… Porque para atingir a este estado é preciso se sentir livre...

Daí porque os atos e vigiar e punir, aos quais todos estamos subordinados, não nos impedem de criar formas e formas de liberdade para sermos felizes.

Assim destaco, pelo caráter inconformista, libertador:

'sentinela acutilante

de uma alma

vigiada,

cerceando-lhe os sonhos

que guardava,

intensos,

bem por dentro

das amarras,

no seu lado frágil

que sempre se dava

ardentemente.

Ser frágil, bem por dentro das amarras, se dar ardentemente. Esta pode ser uma das formas de mais e mais ousar ser feliz, mesmo sabendo que o aparente poder, que eventualmente sejamos detentores ou subordinados, é ameaçador.

O eu poético sugere que a sedução, seja mais que um simples jogo dos afetos e a ternura algo exterior e interior que quando mais podemos sentir e ver, nos olhos , na face do outro, ainda assim, é quando mais mistérios promete nos revelar.

Este poema livre, marca pela simplicidade dos versos, um constante lirismo num ritmo curto, quase um pulsar, que se confunde aos nossos batimentos, coronários ou não…

O coração é mesmo, a grande metáfora da nossa alma em percussão, quanto mais tem mais carece, assim se mantendo viva, enquanto pulsa. Neste poema vemos, a cada letra, o impulso estimulador de tantos sentimentos.

Parabéns pelo excelente resultado, que eu recomendo.

Beijo, Arlindo.



Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 04/05/2010 13:29  Atualizado: 04/05/2010 13:29
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2462
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
e quem gostaria de ocupar tamanho lugar? nem mesmo DÂMOCLES, o querido... e a vida vale mais que qualquer luxo à mesa do poder!
beijinhos Arlindo!
Romma


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/05/2010 01:58  Atualizado: 11/05/2010 01:58
 Re: ERA DE DÂMOCLES A ESPADA...
Lindo poema, nos remete imadiatamente a insegurança do poder...um jóia este poema!