https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

sou...nada

 
Tags:  poema  
 
Sou...



Sou paixão...sou tempestade...vida esquecida
Nos gritos do meu ser...sou saudade
Sou triste outono...no anoitecer da vida
Sou cinzas de mim...esperando a eternidade

Sou escura noite...terra de desencanto
Sou frio de Inverno...verso nefasto
Na raíz do tempo...solto meu pranto
Sou de ti vida...triste repasto

Sou veneno...sou amor...sou nada
Sou profunda dor...imensidade
Sou morte na vida...já sepultada
Coração vazio...sou saudade

Sou anjo errante...alma perdida
Espero a madrugada...sou estrela da noite
Sou nuvem de escuridão...resto de vida
Lamento maldito...sem horizonte

Sou silêncio...sou noite...instante de agonia
Momento nas horas...vendaval de loucura
Na escuridão dos meus sonhos...chamo o dia
Sou memória do tempo...tempo de amargura

Mergulho o olhar...neste deserto sem cor
Procuro um oásis...sou ave no infinito
Na longa caminhada...sou campo de dor
Sou terra de bruma...escuro labirinto

 
Autor
RosaSolidão
 
Texto
Data
Leituras
788
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/06/2010 22:58  Atualizado: 10/06/2010 22:58
 Re: sou...nada
Quando nada é tudo e tudo é nada! Um dos melhores poemas que li hoje.

Levo para mim


Beijo azul