https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Quadrinhas da Eternidade

 
Tags:  amor    paixão    desejo    sexo  
 
Open in new window


Quadrinhas da Eternidade

O mundo, cá dentro implode,
Estouram-se minhas luzes,
Estuporam-se meus restos;
As sobras, bicam os abutres...

Ah, esses loucos regaços!
Dessas memórias disformes,
Desbotadas, aos pedaços;
Pousam cansadas, conformes

Asserenam-se as partes
Em que mais não presto
A negra noite faz sua arte
Ao corpo que lhe empresto

A mente também se arrebenta;
Desvanecem-se as cenas novas,
Variam as antigas, em cinzentas
Somem ao lodo, as últimas trovas...

Misturam-se os paradeiros,
Os direitos rumos das retas
De fora, já sou um forasteiro
Isolado de ações ou metas

Tudo, tudo em mim repousa;
Até a sombra já me some
Nem mesmo aragem ousa...
E, ainda assim, resta o seu nome!

Dou-me ao moinho do universo,
Que me retorce, me consome;
Aniquilo-me, exposto ao reverso,
E, ainda assim, resta o seu nome...

E até já falta um "eu" a mim,
Desintegrou-se desejo, fome,
Matéria e alma. E, ainda assim,
Resta essa voz a dizer-me seu nome


Gê Muniz

 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1214
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
14
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 04/09/2010 17:01  Atualizado: 04/09/2010 17:01
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11172
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Ge,
Está sublime este conjunto de quadras.
Bj
Nanda


Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 04/09/2010 17:48  Atualizado: 04/09/2010 17:48
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Não deves a nenhum dos grande românticos. GÊ querido, falando sério, este está digno de uma Álvares de Azevedo, de um Garrett.
BEIJO. LEVO COMIGO!


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 04/09/2010 21:33  Atualizado: 04/09/2010 21:33
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Poeta Gê!

Implodiu, ficou todo como disse na outra poesia, esculhambado, mas o nome da amada ficou guardado.
Ainda restou a voz para dizer o seu nome.
Amei seu poema!

Bjo no coração!
♫carol


Enviado por Tópico
rosa-branca
Publicado: 04/09/2010 23:39  Atualizado: 04/09/2010 23:39
Colaborador
Usuário desde: 24/05/2010
Localidade:
Mensagens: 739
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Apenas umas quadrinhas?...ai meu querido poeta se estas são umas quadrinhas...o que serão umas quadras mesmo? Adorei. Já tinha lido alguns poemas seus e gostei do seu jeito de escrever. Beijo com carinho


Enviado por Tópico
SerafimdosSantos
Publicado: 04/09/2010 23:40  Atualizado: 04/09/2010 23:40
Super Participativo
Usuário desde: 04/07/2010
Localidade: Brasil.
Mensagens: 119
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Enquanto restar o nome ( dela ) junto restará a esperança. Inclusive fiseste magia com as palavras!
Um abraço.


Enviado por Tópico
MelMartins
Publicado: 05/09/2010 04:58  Atualizado: 05/09/2010 04:58
Colaborador
Usuário desde: 02/06/2010
Localidade:
Mensagens: 941
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Que seja um nome a ficar a amar e a eternizar.

Belo poema feito de mudança e transformação.

Beijos amigo

Alice Barros


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/09/2010 05:20  Atualizado: 05/09/2010 05:20
 Re: Quadrinhas da Eternidade
Ai que lindo... adorei essa:


Tudo, tudo em mim repousa;
Até a sombra já me some
Nem mesmo aragem ousa...
E, ainda assim, resta o seu nome!


E assim fica gravado, marcado entalhado rs ...
belo como sempre, beijos poeta.