https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

OURO PRETO

 
OURO PRETO
Autor: Carlos Henrique Rangel

O bar na
Cidade rouca
De inverno...
Eu bebo
Um vinho quente
Em sua homenagem
Há cada minuto
Há quase duas horas
E penso na cama
Quente de você.
Sonho inconfidências
Confidentes
De menino libertário
Imaginando formas
De amar a distância...
A chuva molha
As velhas casas
E me sinto
Um Dirceu
Sem Marília
Embalado por
Um rock antigo.
O vinho quente
Está frio...

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1040
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 21/09/2010 22:47  Atualizado: 21/09/2010 22:48
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: OURO PRETO
Parece sussurrado, cansado, sofrido, exausto.
Adorei ler.
BEIJO.