https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Brilho penetrante da paixão

 
Olho para a menina dos meus olhos, e me vem na imaginação
o doce dos teus lábios que faz pulsar meu coração;
acelerado, aceleradamente, como tua tez que disfarça
o perceber sutil e malicioso que em tu, deixa minha marca.

Conversas tão paralelas que teimam em não se tocar,
insisto na penitência com meus sentimentos te encantar;
mas teus olhos congelados, reluzentes e espelhados
volta de volta em mim, deixando-me ainda mais apaixonado.

Em instantes escuto, por vez, tão caóticas tuas palavras
e pergunto-me, sozinho: um dia conseguirei arranjá-las?
Quem sabe nunca, pois tu não me mostraste esperança
Com atitudes frias, não entendo, tamanha falta de confiança.

Apesar de ouvir de tua boca explicações e negativos,
não consigo entender, por estar longe de mim, tais motivos;
se não consigo, ou não quero, a culpa vem de teu encanto
que adentra meu coração, mas sem tu, o torna em pranto.

Bastava apenas me reger com teu brilho claro de estrela
inconfundível que se percebe, entre milhões, a tua beleza
sureal e mágica, mas, por fim, não tenho o que desejo.
Um abraço, um carinho, um amor, ou quem sabe somente beijo.

 
Autor
johncooper
 
Texto
Data
Leituras
974
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.