Poemas -> Reflexão : 

Quando a noite cai

 
Está na hora…
O sol afasta-se,
Vai sem demora
Com a aurora.

Tudo fica escuro.
Mais calmo,
Havendo um silencio obscuro,
Por entre cada palmo.

Ténues silhuetas,
Deformam planas sombras,
Por entre ruas,
Moribundas e nuas.

A lua vai subindo.
Qual noiva para o altar,
Branca, pura, anuindo
A quem sua luz iluminar.

Suas damas,
Estrelas aladas,
Ajudam peremptoriamente,
A iluminar tal noite incandescente.

A noite cai
E vai caindo
E solta um…Ai!
Qual menino ferido.

Um manto negro,
Sobre os ombros
De alguém,
Não se sabem bem de quem.

Tudo pára.
Tudo dorme,
Á espera,
Que algo se transforme.

Parai!
Uma alma é vista…
Sou eu, poeta artista.
Saí…da sombra.
Eu vos digo
A vida amai,
Quando a noite cai.


SP.

 
Autor
Sam_Pereira
 
Texto
Data
Leituras
1014
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/09/2006 17:51  Atualizado: 26/09/2006 17:51
 Re: Quando a noite cai
Fizeste-me reviver os poetas de outrora...
maravilha,
poeta sam
jinho

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 23/10/2006 19:45  Atualizado: 23/10/2006 19:45
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14852
 Re: Quando a noite cai p/Sam_Pereira
Oi poeta simplesmente lindo seu poema! Parabéns... Beijinhos em sua alma inspiradora