https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Todos os dias acordas para o trabalho que não queres

 
Todos os dias acordas para o trabalho
que não queres.

Todos os dias adormeces porque o amor que nao tens
é o cansaço que finges.

Todos os dias beijas os teus filhos mecanicamente, os teus vizinhos julgam-te feliz e exemplar, és feliz nos dias em que è suficiente ser-se feliz e triste nas tardes de futebol e religiao. Mais do que isto è poesia e pensar è uma coisa perigosa.

Todos os dias engoles o mesmo cafè sujo
e apanhas na cara com a mesma noticia, lês sempre os livros mais vendidos, citas dos mesmos as mesmas banalidades e julgas-te o super heroi da intelectualidade.

Todos os dias finges como se fosse tão verdade que nem dàs conta que ficas nu. Todos os dias fazes igual porque pensar incomoda.

Lobo



 
Autor
lobodaescrita
 
Texto
Data
Leituras
518
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 03/12/2010 14:49  Atualizado: 03/12/2010 14:49
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Todos os dias acordas para o trabalho que não queres
e não passamos de autómatos a agir mecanicamente - pode existir maior artificialidade?!...

Saudações!!

_abilio*

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 03/12/2010 22:45  Atualizado: 03/12/2010 22:45
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2265
 Re: Todos os dias acordas para o trabalho que não queres
É impressionante a tua escrita. Pena não me ter sentido neste texto (ou talvez não). Sou quase, quase, o outro lado.

Obrigado.