https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

quente e frio

 
acabei de sair do inferno:
ainda trago nos dedos quentes
o fogo
que me há-de aquecer,
pela chuva deste inverno.

Open in new window


fotografia de autor:"profanarium"
Autor: Paulo S. (P.S.)
http://olhares.aeiou.pt/


cruz mendes

 
Autor
Alexis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1141
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 19/12/2010 18:48  Atualizado: 19/12/2010 18:48
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12084
 Re: quente e frio
Onde fica o inferno? Será na maldade que encontramos nos quatros cantos do mundo e quando recolhemos ao nosso "universo" o sentimos assim...

Beijos


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 19/12/2010 19:53  Atualizado: 19/12/2010 19:53
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: quente e frio
Alexis,
Pode soar a blasfémia, mas poema e imagem estão "divinos".
Beijinhos e Feliz Natal para ti e todos os teus.
Nanda