https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

ESTES POEMAS QUE LÊS...

 
Tags:  poema de amor  
 
ESTES POEMAS QUE LÊS...
 
 
Bem o sei, são fogos-fátuos,
estes meus versos vulgares.
No entanto, talvez, reflitam,
em parte, ao menos, o encanto
dessas cousas singulares,
profundas, cíclicas, breves,
que ao mais insensível dos homens
podem às vezes tocar...

O tronco repleto de orquídeas,
no ermo recanto de um pasto,
sob um lampejo solar...
Acordes de Vivaldi, às estações,
na via de um vilarejo
envolto em franco luar...

Espero, assim, te afugentem
rumores de passos, prantos
de séquitos ancestrais.
Que te amenizem, temores.
Façam-te ver que há poesia
(ainda) e melhor que esta:
há uma poesia que vibra
acima e à volta, dos homens,
acima e à volta dos crimes
dos homens, os mais brutais...

Espero, assim, que a lembrar-te
a infância, a escola, os amores,
cantilenas, madrigais,
em os guardando, um momento,
os tenhas por teus, não mais.

Bem o sei, são fogos-fátuos.
E a quem importa o destino
que a um livro de versos dês?
São meros torrões de terra
estes poemas que lês...


Sergio de Sersank
Visitem meu blog literário "Estado de Espírito"
http://sersank.blogspot.com

(Do livro "Estado de Espírito", de Sersank)

(Direitos autorais registrados e protegidos por lei)
 
Autor
Sergio de Sersank
 
Texto
Data
Leituras
961
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 24/12/2010 04:22  Atualizado: 24/12/2010 04:22
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: ESTES POEMAS QUE LÊS...
Lindo poema Sersank.

Abraço fraterno

Karla B