https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL

 
Tags:  sensações    retorno    impressões  
 
O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL


Escarcéu nos píncaros do céu
Um véu voa à soleira, a bailar abissal
Puro e brutal carnaval da cintilante brisa...
Um abraço do espaço rompe um feixe
De gotas de chuva no meu momento real
União do deleite. Mansidão sepulcral...

Caprichos precisos d’um passado
Silente, carente de bem ou mal
A conversar calado da imensidão
D’eu repisar aquele mesmo chão
Daquele mesmíssimo mundo fecundo
Dos fundos do meu pequeníssimo quintal


Gê Muniz

Neste final de ano por aquelas obras do destino tive a oportunidade de pisar novamente no quintal da casa de minha falecida avó. Como me parecia enorme, infinito, aquele espaço quando eu era menino. Mas agora homem feito(?), percebo o quanto é minúsculo aquele quintal e como o meu vasto mundo de criança encolheu incrivelmente quando eu cresci(?)...
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1116
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
20
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Cris.
Publicado: 03/01/2011 18:22  Atualizado: 03/01/2011 18:22
Novo Membro
Usuário desde: 03/01/2011
Localidade:
Mensagens: 9
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Poeta,

Eu tinha um quintal em casa também.Agora, moro engaiolada.Fica a saudade mesmo.


Enviado por Tópico
FátimaAbreu
Publicado: 03/01/2011 19:04  Atualizado: 03/01/2011 19:04
Colaborador
Usuário desde: 11/06/2008
Localidade: Maricá, RJ
Mensagens: 2395
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Acho q se encontra nostálgico como eu.. Abraço e um bom ano e 2011!



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2011 19:36  Atualizado: 03/01/2011 19:36
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Sabe, essas boas lembranças sempre vão nos acompanhar,é bom recordar os tempos em que estavam do nosso lado as pessoas mais preciosas de nossas vidas, a nossa família.


Muito belo Gê.


Beijo grande e a vc um 2011 iluminado.


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 03/01/2011 21:00  Atualizado: 03/01/2011 21:00
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Gê,
Traçaste um belo quadro de saudade.
Beijo
Nanda
Excelente 2011!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2011 22:30  Atualizado: 03/01/2011 22:30
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Bonito o seu poema Gê sobre as recordações do quintal, as florzinhas, a roupa estendida, os dedos descalços, provar de sal, com a colher de pau, a sopa de feijão... Eu li-o à bocado, mas só agora é que tenho tempo para comentar e eu gostava mais como estava, mais rico... Estava muito querido o seu poema antes! Assim ficou um pouco vago...

Abraço

MÁRCIA ROSAS


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2011 23:01  Atualizado: 03/01/2011 23:01
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Gostei deste poema e acho que a tua falecida avó tambem ia gostar por vezes perdemos quem gostamos mas esteja onde a tua avó estiver lá no ceu ficara muito feliz pois as avós acima de tudo querem a felicidade dos netos e além disso foi preciso muita coraguem ao dedicares este poema que fala do quintal onde em tempos deves ter brincado em criança mas agora cresceste e tornaste-te num ser humano maravilhoso e ainda tens essa criança dentro de ti embora escondida continua a brilhar amigo abraços


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 04/01/2011 02:03  Atualizado: 04/01/2011 02:03
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: O O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
Amigo Poeta
Gê!

Que pena que espaço ficou pequeno depois que cresceu. Eu fui criada num espaço muito grande, mas era fato não coisa de criança. Hoje até não posso me queixar, embora more no centro, minha casa tem um mini pomar. Tem goiabeira, pessegueiro,figueira, laranjeira,limeira, limoeiro e até romã.
Então vivo no meio da passarada que canta todo o dia.
Desculpa estiquei.
Seu poema saudoso está lindo!
Bjo
Carol


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/01/2011 11:29  Atualizado: 07/01/2011 11:29
 Re: O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL Para Gê
Olá Gê !

Do meu quintal , mais jardim do que horta ; mais pomar do que jardim ; mais natureza rebelde do que canteiro ajeitadinho encostado à casinha que me sorria ... Do meu quintal lembro as borboletas e beija-flores ; os lagartos e as formigas ; em dias de calor (quase todos) a matar os corpos - desidratação a correr na secura da boca , o Aedes Aegypti ameaçava os seres grandes na irona da vida ... como podia (e pode) esse minúsculo mosquito ceifar o "gigante" Homem ?
Lembro os malqueres,violetas e girassóis... e ainda as flore branquinhas ao meio dos coentros ... bem lá no canto , ao fundo , as framboesas sorriam com seu perfume inebriante ...
Mas o que eu mais amava de verdade , no meu quintal , era voz inconfundível do meu amigo do quintal vizinho ...
- Aê português , quando vamos comer aquele bacalhau que você prometeu pra nóis ?
- Domingo de Páscoa , esse Domingo , meu bom amigo !
Ele riu e deu instrucções à mulher pra comprar tudo o que fosse necessário a nada falhar em tão esperado almoço ...
E ela ...
- Aê português querido , tu faiz à lista de tudo que ser preciso a nóis comprar pra esse almoço , almoçar aqui no nosso quintal , que tu achar ?
- Achar maravilha , menina !
Mas não houve Páscoa ...
As flores branquinhas no meio dos coentros , não oravam , choravam ...

LSJ , com a renovação dos meus votos endossados a ti de Feliz Ano 2011 !

Abraço!



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/01/2011 12:07  Atualizado: 08/01/2011 12:08
 Re: O MUNDO FECUNDO DO FUNDO DO MEU QUINTAL
li e não sei o que é mais lindo. o poema ou a nota de rodapé. tudo emocionante. aí o meu pensar entrou num vórtice no fundo de mil quintais. mais uma vez: linda a tua escrita, cara.

abração irmão.