https://www.poetris.com/
 
Textos -> Crítica : 

Ponto de partida

 
A ideia de que encontramos uma esperança ou sonho em lugares obscuros é bastante clara no filme Ponto de partida. Assisti-o pela segunda vez porque na primeira fiquei impressionado mais não o entendi muito bem. Li algumas críticas do mesmo e, como sempre, notamos os prós e contras. Afinal é um filme. E filmes são assim mesmo. O que eu gosto talvez você não aprecie e vice-versa. No entanto, o meu objetivo aqui é destacar alguns filmes e interagir com os mesmos.

Ponto de partida, no meu entendimento, trás uma mensagem bastante clara e objetiva que remonta a nossa sociedade. A solidão. Os personagens de Ray Liotta, Jessica Biel (uma deusa) e, principalmente, Forest Whitaker nos mostra o quanto a solidão pode ser massacrante. E quantas pessoas vivem situações semelhantes. Desejam apenas um abraço. Querem apenas sentir o calor humano de outra pessoa. Perambulam pelas ruas e avenidas sem terem a noção de que existem.

Outro dia fiz uma crítica (negativa) ao filme Fúrias de Titãs e o mesmo arrebentou nos cinemas. Tudo bem. Ai encontramos uma pérola como Ponto de partida em alguma locadora. Uma bela reflexão. Vale a pena assistir.

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
766
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.