https://www.poetris.com/
 
Textos : 

É MADRUGADA E O SONO NÃO VEM

 
Tags:  vida    desejos    cotidiano    todos  
 
.


Gê Muniz

TODOS

É madrugada e o sono não vem. Todos na cidade dormem. Nem deveria ser diferente. Todos têm de acordar amanhã cedinho. Todos possuem um objetivo a cumprir, um trabalho a honrar e as contas do mês estão todas aí.

Penso que todos se sentem aptos e animados diante às boas perspectivas da economia no país e, além de acompanharem com interesse o noticiário dos jornais, incrementaram força a sua determinação lendo livros de auto-ajuda, o que contribui bastante para aquisição de confiança. Bendito momento da literatura em que esse tipo de leitura ganhou tamanha força. Agora tudo ficou fácil. Todos andam tão bem instruídos e responsáveis. Sabem que trabalhar com motivação e foco nos objetivos é o primordial para propiciar o melhor para si e para a família.

Bem, além da família, também há os amigos. Aqui é Brasil, gente, terra de um povo hospitaleiro e agradável. Nessas terras tupiniquins, ser camarada é sinônimo de dividir alegrias, estrepolias, fazer festa juntos. Vejam: Quem não gostaria de convidar os amigos para um lauto churrasco a fim de comemorar os bons eflúvios, as vitórias, as conquistas? É por essas e outras que todos se consideram protegidos, irmanados nessa sociedade cordial...

Adiante ao trabalho, ao sucesso, também é preciso relaxar (nem só de pão vive o homem): todos desejam passar um fim de semana em Ilha Bela, Ipanema, Guarujá, ou Fortaleza. É certo que há alguns receios. Compreensível que todos prefiram que estejam presos todos os bandidos e traficantes para que possam andar pela orla tranqüilos.

Ah, os prazeres da vida... Todos adorariam aproveitar em total paz o passeio para comer lagosta e camarão do graúdo, acompanhado de um vinho branco, o que todos dizem ser divino. Na volta do litoral no domingo, mais um motivo para o relaxamento: todos torcem para ver seu time de futebol ganhar o clássico e papar o campeonato.

Uma coisa leva a outra. O gostoso final de semana lembra a todos das futuras férias (porque ninguém nesse país é de ferro). Todos aspiram viajar ao menos uma vez na vida para Paris e ver em cores e ao vivo a Torre Eiffel, e, ainda (por que não?), as grandes pirâmides, o Taj Mahal. Sonhar não custa.

O mais é encarar o cotidiano. E o que todos necessitam no dia-a-dia é proporcionar a melhor educação possível para si e seus filhos. Todos por aqui precisam falar ao menos inglês e espanhol e cursar um MBA. Por último, o corriqueiro: todos carecem urgentemente, desesperadamente de trocar guarda-roupa, sofá, TV, geladeira, carro, celular, computador, casa, emprego, mulher, marido, amante. Todos não medirão tempo ou esforços para obterem essas profundas mudanças.

Ao mesmo tempo, como fosse isso facilmente realizável, todos anseiam amar profundamente o parceiro, cada dia mais e para sempre, de preferência. Ah, na idéia de “sempre” consta um importante detalhe: todos detestam envelhecer; detestam. Portanto todos sonham em permanecer eternamente jovens, todos com músculos tonificados e pele de bebê. É preciso muitos cremes, botox e academia. Para manter-se jovem paga-se um preço e, nisso, todos concordam que manter a juventude é dinheiro muito bem gasto.

Enfim, todos almejam ser felizes daquele jeitinho todo especial e único que foi construído em suas memórias desde criança pequena o que, no fundo, é o mesmo jeito de todos os outros. Todos querem isso tudo, mesmo que possam sentir interiormente tudo ao contrário, mesmo que não saibam conscientemente que diferente desejam e nunca venham a saber, ou perceber. Todos tão afortunados, focados no sucesso, de olho no futuro. Todos enredados por seus justificáveis desejos.

E todos consideram que os outros todos, todos mesmo, sejam eles homens ou mulheres, ricos ou pobres, jovens ou velhos, têm as mesmas preocupações e anseios do que os que habitam esses apartamentos e casas de três quartos com dois carros na garagem e bicicletas de marchas penduradas nas paredes. Talvez todos, sem uma única exceção, tenham razão.

Pobre de mim tão distante de pretender coisas assim, tão afastado de "todos" e, ao mesmo tempo, tão apartado de mim. Maldito sono que não vem.
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
6047
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
37 pontos
11
1
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 10/01/2011 23:51  Atualizado: 10/01/2011 23:51
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: É MADRUGADA E O SONO NÃO VEM
Maldita insónia que podia ter escolhido outros caminhos. Ao “escutar-lhe” as palavras tive a sensação de que o mundo (aquele que vai bem na vida) foi posto a descoberto, despudoradamente exposto aos olhos indiscretos de todo mundo. Tive a sensação de que todos os sonhos, sobretudo os mais exacerbados, foram contemplados ao ponto de eu próprio ter a ilusão de que tal insónia passou por mim…
Acredito caro poeta que um dos males do nosso tempo é querermos este mundo e o outro.
Um abraço
Antonius


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/01/2011 01:43  Atualizado: 11/01/2011 01:43
 Re: É MADRUGADA E O SONO NÃO VEM
"Enfim, todos almejam ser felizes daquele jeitinho todo especial e único que foi construído em suas memórias desde criança pequena o que, no fundo, é o mesmo jeito de todos os outros... Todos querem isso tudo"


E tantas coisas simples faria essa diferença, todos precisam e tem o direito dessa felicidade que se conseguiria com tão pouco, é uma pena que muitas pessoas escravas do relógio não vêem o seu próprio tempo e com isso a vida passa, o tempo passa e os livrinhos de auto ajuda crescem (nada contra)mas coisas tão simples e reais fariam uma grande mudança, enquanto isso o sono não vem e madrugadas e madrugadas passam diante dos olhos da felicidade...
Gostei Gê

Beijo grande,


Enviado por Tópico
dedeguitar
Publicado: 11/01/2011 03:17  Atualizado: 11/01/2011 03:17
Participativo
Usuário desde: 19/11/2010
Localidade: cabo frio-rj
Mensagens: 18
 Re: É MADRUGADA E O SONO NÃO VEM
Adoro insonia! É o unico momento do dia que vc se livra dessa correria louca do cotidiano! É a hora que parece que so tem vc no mundo! Ai aproveito pra escrever minhas "doideras", tocar meu violao ou ficar no pc ouvindo musica!!! O foda é quando vc levanta com todo o sono do mundo nas costas e tem que sair pra enfentar a corrida dos ratos!!! Gostei do seu texto cara! Me lembrou que preciso viajar tbm,,, so trabalhar nao ta dando certo nao!!! Abraçao!!!!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/01/2011 03:20  Atualizado: 11/01/2011 03:21
 Re: É MADRUGADA E O SONO NÃO VEM
Se uma pessoa se mentalizar que se deve deitar cedo, a uma determinada hora, ela enfia-se na cama a essa hora, fecha os olhos para sossegar a mente, respira sossegadamente e o sono vem. Em vez disso, se ela se puser a escrever, a ver televisão ou for para o computador à noite, ela vai agitar a mente e espantar o sono. Para muita gente, dormir poucas horas não é problema, para outras é, e quando é, tem solução. Por isso, independentemente daquilo que se anseia na vida, dos desejos que se tem, uma pessoa só não tem sono à noite, se fizer por isso! É a minha opinião!

Beijo

MÁRCIA ROSAS


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/01/2011 13:21  Atualizado: 11/01/2011 13:21
 Re: É MADRUGADA E O SONO NÃO VEM
O texto é longo e eu li do princípio ao fim, se não eu não ía comentar. Entendi a sua descrição, as pessoas não precisam desejar o que muitos desejam. Cada um coloca o seu coração naquilo que mais ama e não tem de ser necessariamente aquilo que é comum à maioria... (Fiz um comentário abordando a falta de sono porque me pareceu útil. Há pessoas que se queixam da falta de sono e nada fazem para ter sono, só têm comportamentos que afastam o sono, mas nem todas têm consciência disso...)

Beijo

MÁRCIA ROSAS


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 13/11/2017 16:44  Atualizado: 13/11/2017 16:44
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal, Azeitão Portugal
Mensagens: 731
 Re: É madrugada ....
Open in new window