https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Deixem-me morrer

 
Deixem-me morrer descansada,
Não me acordem se adormecer
E cair em sono profundo.
A vida assim não vale nada,
Parece que nasci só para sofrer
E estar só, tão só, neste mundo.

Acordo sem me sentir acordada,
A vida não fez por me merecer.
Atirou-me para o poço mais fundo,
Não há quem me atire uma escada,
Quem me salve e me faça esquecer
Como tudo o que toco é imundo.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
4148
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
10
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/09/2007 23:20  Atualizado: 07/09/2007 23:20
 Re: Deixem-me morrer p/ Vera Silva
Admiro a sua capacidade de imaginar um personagem , e dele extrair os sentimentos, as dores mais profundas.O universo feminino está na sua poesia.
Beijo grande.
Isabor

Enviado por Tópico
Paulo Afonso Ramos
Publicado: 07/09/2007 23:29  Atualizado: 07/09/2007 23:29
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2094
 Re: Deixem-me morrer
Olá Vera

Partilho a concordância da personagem e aplaudo a capacidade da fantástica transmissão do sentimento.

Beijo

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 07/09/2007 23:49  Atualizado: 07/09/2007 23:49
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Deixem-me morrer
Nem penses minha amiga!
Deixar-te morrer...
Isso é que era bom!
Toma lá esta escada que te atiro daqui de cima... agarra-a e sobe cada banço até ao cimo!
Eu fico a segurá-la aqui em cima, enquanto sobes devagarinho...

Beijinho

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 08/09/2007 00:43  Atualizado: 08/09/2007 00:43
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Deixem-me morrer
Isso era o que mais faltava...
Deixar-te morrer

Estou aqui sempre

Beijo grande

Tália

Enviado por Tópico
Manuela Fonseca
Publicado: 08/09/2007 01:24  Atualizado: 08/09/2007 01:24
Colaborador
Usuário desde: 13/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 885
 Re: Deixem-me morrer
Bonito poema!

Mas sei que não queres morrer

Beijinhossssssss

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 08/09/2007 04:34  Atualizado: 08/09/2007 04:34
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: Deixem-me morrer p/ Vera Silva
Querida Verinha

Um poema triste e acredito
que existam muitos assim
por aí esperando uma escada
para sair deste poço sem fim

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 08/09/2007 19:53  Atualizado: 08/09/2007 19:53
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Deixem-me morrer
Querida Vera,

Um poema de desespero apesar de bem escrito e da sua beleza.

Uma Poetisa como tu tem a alegria da Poesia. A vida não te tratou assim tão mal...

Agarra a escada!

Bjs

Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 08/09/2007 19:56  Atualizado: 08/09/2007 19:56
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: Deixem-me morrer
Quantas vezes...precisamos de morrer, para renascer de novo!

Precisamos de certo muitas.

Gostei muito deste teu grito!

Beijinhos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/09/2007 01:47  Atualizado: 13/09/2007 01:47
 Re: Deixem-me morrer
O Eu-lírico aqui está triste e desalentado, mas expressa num canto extremamente firme e verdadeiro. Os seus poemas são verdadeiros pois possuem poesia em toda a sua realeza. Parabéns pela obra, beijos e saudaçõe, Godi.

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 13/09/2007 13:16  Atualizado: 13/09/2007 13:16
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: Deixem-me morrer
Não obstante, nestes versos a natureza não é malévola,a vontade de morrer expressa, não se erige como uma fatalidade concreta. Há neles uma dignidade no confronto com adversidades numa reflexão interior.

...e sobre o efeito da intensidade deste poema digo.te há sempre uma escada, uma saída de emergência.