Poemas : 

15

 
ao entardecer
desta amargura
apanhei
quinze barcos
para longe
de todos os tempos
e só ficou foi a névoa
de querer abrir-me
em beijos
e sussurrar
ao mar
e ao teu peito
que nada me separa
do desejo
de te viver.

 
Autor
AnaVentura
 
Texto
Data
Leituras
794
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/02/2011 10:05  Atualizado: 09/02/2011 10:05
 Re: 15
SENTIMENTO , AMOR EM UM CONTEXTO, QUE MARAVILHA, DEIXO MEU ABRAÇO.

MARTISNS


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2011 11:59  Atualizado: 11/02/2011 11:59
 Re: 15
Ola Ana

Gostei de te ler. Este poema é de uma beleza poetica maravilhosa!

Favorito

Beijo azul


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/02/2011 09:43  Atualizado: 21/02/2011 09:43
 Re: 15
Uma agradavel leitura! Parabens e abraco!