https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

dizziness

 
O sol nasce pontual:
a terra dança.

o coração nasce pontual:
o tambor toca.

o homem em atraso
procura a sintonia
com o ouvido da cabeça

e a cada volta cai
em desequilibrio e tontura.


cruz mendes

 
Autor
Alexis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
403
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Angela.Rolim
Publicado: 26/02/2011 15:21  Atualizado: 26/02/2011 15:21
Colaborador
Usuário desde: 11/11/2010
Localidade:
Mensagens: 1162
 Re: dizziness
Seus escritos são mui interessantes, inusitados, inteligentes!