Textos -> Amor : 

Voltar a sair, voltar a cair

 
Se durante mais uma de tantas infortunas quedas me aperceber plena e conscientemente que não consigo mais suportá-lo, deverei então ser avisada, para que previamente alertada consiga calar o que quero dizer.
A partir do momento que disser que não estou disposta a arriscar, a dar tudo de mim sem exigir retorno.. sem nunca nada esperar, então deixei de ser sã, é tudo mentira! Porque quem não sente gosto por ir ao encontro do desconhecido? Ir à luta, perder a guerra e mesmo assim não se sentir rendido? Quero viver para sentir o que é a queda perfeita, daquele cair que toda a gente ambiciona ter, mas ainda tão poucos conseguem cair. Estou farta de saltar das montanhas mais altas, quero experimentar vencer, cair em campos de flores inutilmente enamorada, e inteiramente atordoada perder toda a razão.. Mas julgo estar amaldiçoada por qualquer bicho da má sorte, n quero ser desencorajada mas também não conseguirei facilmente perder o norte, a certa altura hei-de saber que assim que caio me habituo a perder, e sabendo que ao perder ainda ganho, não existe nada que eu não consiga fazer. Quando finalmente puder cair lembrar-me-ei por fim, que chegou a altura de me deixar ir..


Choro com os dedos para não o fazer com lágrimas!

http://naoprecisadenome.blogspot.com/


 
Autor
Moon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1204
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.